PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diniz fala em maior desafio da carreira no Flu e diz que 'seguiu o coração'

Técnico Fernando Diniz observa presidente do Flu, Pedro Abad, antes de ser apresentado - Leo Burlá/UOL
Técnico Fernando Diniz observa presidente do Flu, Pedro Abad, antes de ser apresentado Imagem: Leo Burlá/UOL

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/12/2018 11h55

Apresentado na manhã desta quinta-feira como novo técnico do Fluminense, Fernando Diniz volta ao clube no qual atuou entre 2000 e 2003.

O treinador foi apresentado pelo presidente Pedro Abad e diz que o retorno representa seu maior desafio até aqui.

"É o maior desafio da minha carreira. Tenho uma história no clube, segui meu coração. Fiquei mexido para vir, fiz a melhor opção", disse ele.

"Me sinto voltando para casa, tenho identificação com o clube. A gente fala de Fluminense pensa na Máquina Tricolor. A essência do Fluminense tem a ver comigo", completou.

Diniz defendeu seu estilo e disse que tentar algo diferente sempre 'causa estranhamento'. Ele disse estar ciente dos problemas que o clube enfrenta.

"Eu sei dos problemas que o clube está enfrentando. Partiu da minha intuição. Chego em um momento de maior maturidade e muito confiante de que podemos fazer um grande trabalho", afirmou.

Ele afirmou que o clube ainda está se movimentando no mercado e jogadores estão sendo mapeados.

"A partir de agora já estamos atrás de jogadores. Para jogar aqui termos de escolher a dedo. Temos poucos recursos financeiros, teremos de ser criteriosos para acertar nas contratações", avaliou.

Além da novidade no comando, o clube vive um dia decisivo na política. Na noite desta quinta, o Conselho Deliberativo vota o impeachment do presidente Pedro Abad.

Futebol