PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Grêmio confirma saída de gerente executivo de futebol

André Zanotta, ex-Santos e Sport, chegou ao Grêmio em março do ano passado - Lucas Uebel/Grêmio
André Zanotta, ex-Santos e Sport, chegou ao Grêmio em março do ano passado Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

19/12/2018 20h01

André Zanotta está, oficialmente, de saída do Grêmio. Nesta quarta-feira (19), o clube gaúcho confirmou a informação que o UOL Esporte antecipou. O gerente executivo de futebol deixa as funções antes da virada do ano e um processo seletivo para a vaga será iniciado. Até segunda ordem, Carlos Amodeo, gerente geral, atuará nas negociações para 2019.

A confirmação oficial partiu de Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, em entrevista à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre.

"(André Zanotta) Não permanece, não. Ele vai fazer um comunicado de agradecimento, um gesto de despedida. Não vou me antecipar, mas em primeiro momento era assunto familiar e depois houve oferta de emprego. Somos gratos pelo trabalho dele no clube", disse Bolzan.

Nas próximas semanas, o Grêmio deve ouvir candidatos ao cargo. Três nomes foram indicados pelo próprio gerente executivo de futebol de saída. Outros serão listados pelo clube. A sabatina final será no Conselho de Administração, órgão máximo no organograma tricolor.

Com passagem por Santos e Sport, André Zanotta estava no Grêmio desde março de 2017. No último ano, ganhou ainda mais notoriedade nas investidas do clube em busca de reforços. Na segunda-feira, esteve no Paraguai ao lado de outros dirigentes gremistas para o sorteio da Libertadores e segue conversando com agentes do mercado atrás de negócios.

A saída do clube, e encerramento das funções, acontecerá nos próximos dias. Sem Zanotta, os negócios ficarão centralizados em Carlos Amodeo e Romildo Bolzan Jr. Duda Kroeff, vice de futebol, e os diretores Alberto Guerra e Deco Nascimento também atuarão no tema.

André Zanotta foi contratado para vaga que era de Rui Costa até 2016. Após a saída do executivo, Junior Chavare ficou no cargo interinamente e deixou o Grêmio no início de 2017.

Futebol