PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornal diz que 90% dos jogadores do United defendiam saída de Mourinho

Paul Pogba e José Mourinho protagonizaram conflitos durante a passagem do português pelo United - Getty Images/Marc Atkins
Paul Pogba e José Mourinho protagonizaram conflitos durante a passagem do português pelo United Imagem: Getty Images/Marc Atkins

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/12/2018 12h57

O mau relacionamento do técnico José Mourinho com alguns atletas ao longo de sua carreira nunca foi um segredo. Tanto é que na sua passagem pelo Real Madrid, de 2010 a 2013, o português teve muitos problemas com Iker Casillas, ídolo da história recente madrilena. Mesmo com o passar dos anos, Mourinho não soube evoluir neste ponto e de acordo com o jornal inglês Independent, 90% dos jogadores do elenco do Manchester United defenderam a saída do treinador. 

Demitido na última terça-feira (18), Mourinho permaneceu no comando dos Red Devils por cerca de um ano e meio. Os maus resultados e os conflitos com jogadores foram um dos motivos que levaram à queda do técnico. 

Durante esta passagem, o "The Special One", apelido que se auto intitulou quando estava no Chelsea, chegou a declarar que seus jogadores eram "moleques mimados" e que não conseguiam entender que "a simplicidade é genial". Um dos atletas que sempre foi alvo de Mourinho foi o francês Paul Pogba, que após o anúncio da demissão fez uma publicação com tom enigmático e que muitos torcedores encararam como uma provocação ao português - pouco depois o meio-campista deletou a postagem. 

O jornal online inglês afirma que "a patética atuação" na derrota por 3 a 1 para o Liverpool, no último fim de semana, pela 17ª rodada do Campeonato Inglês, foi a gota d'água para que a diretoria demitisse o treinador. Porém, ressalta que aquele tipo de apresentação foi repetido ao longo dos anos que o Manchester United foi comandado por Mourinho, tanto que à equipe sofreu para se classificar para a próxima fase da Liga dos Campeões e foi eliminada na terceira fase da Copa da Liga Inglesa pelo Derby County, da segunda divisão do país. 

Ainda segundo o "Independent", Alex Ferguson, técnico mais vitorioso da história do futebol inglês disse a Ed Woodward, atual vice-presidente executivo do United, que após a eliminação para o Sevilla (ESP), nas oitavas de final da Liga dos Campeões de 2017-18, as coisas deveriam mudar. A diretoria optou por um voto de confiança ao treinador. 

O mau desempenho e a falta de resultados prosseguiram e Mourinho deixou o comando técnico. Para seu lugar, Ole Gunnar Solskjaer foi anunciado como técnico interino até o fim desta temporada. Vale lembrar que o norueguês foi o herói da conquista da Liga dos Campeões de 1998-99, com um gol nos minutos finais. 
 

Futebol