PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dunga fala em sondagens, mas diz que não sente falta de ser treinador

Dunga não mostra interesse por voltar a ser técnico de futebol - Foto: Rafael Ribeiro/ CBF
Dunga não mostra interesse por voltar a ser técnico de futebol Imagem: Foto: Rafael Ribeiro/ CBF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

16/12/2018 16h42

Sem treinar uma equipe desde 2016, quando deixou a seleção brasileira, Dunga não tem muita vontade de voltar ao reservado. Antes de participar do jogo beneficente promovido por D'Alessandro neste domingo (16), o ex-volante disse que sua vida está mais tranquila no momento. 

"Não tem nada definitivo. Sigo trabalhando com palestras, tenho uma empresa fora do futebol. Sempre surgem um ou outro assunto neste sentido, mas nada de concreto", disse.

Questionado se sente falta de treinar uma equipe, o tetracampeão foi bastante sincero e mostrou que não pretende reassumir o comando de qualquer time em seguida. 

"Na verdade não muita (falta de treinar alguma equipe). Está bom assim, minha vida está muito mais tranquila. Mas o que tiver que acontecer, vai acontecer", completou. 

Conforme informou o UOL Esporte, Dunga foi convidado para substituir Jose Pekerman na Colômbia. Recentemente ele também esteve entre os prediletos para assumir o Santos, que acabou anunciando Jorge Sampaoli. 

"Isso é normal no futebol. Às vezes acontecem algumas coisas, mas nada muito interessante. Tenho uma empresa fora do futebol e agora consegui colocar as coisas em ordem, sigo trabalhando muito com palestras, estou feliz", disse o antigo camisa 8 da seleção. 

Dunga estará em campo lembrando os tempos de atleta na partida amistosa do Beira-Rio. O Lance de Craque colocará frente a frente os 'Amigos de D'Alessandro' e os 'Amigos de Lúcio'. O valor arrecadado com ingressos será destinado a instituições de caridade. 

Futebol