PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Disputado por Ponte e Guarani, Longuine pode ganhar nova chance no Santos

Rafael Longuine foi o artilheiro do Bugre na Série B ao marcar dez gols - Mauro Horita/FlickrSantos
Rafael Longuine foi o artilheiro do Bugre na Série B ao marcar dez gols Imagem: Mauro Horita/FlickrSantos

Marcello De Vico e Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

16/12/2018 04h00

O meia Rafael Longuine, que pertence ao Santos e se destacou atuando por empréstimo no Guarani na Série B do Campeonato Brasileiro, pode ganhar uma nova oportunidade na Vila Belmiro. Segundo apurou o UOL Esporte, o presidente José Carlos Peres e o superintendente de futebol, Renato, consideram Longuine o jogador que mais deu certo entre os emprestados em 2018. Há quem diga nos bastidores do clube paulista que ele foi o único, aliás.

O técnico Cuca, que deixou o clube pois passou por cirurgia no coração, já havia confirmado que gostaria de aproveitar Longuine em seu retorno. A ideia de Renato e companhia é sugerir ao novo treinador, Jorge Sampaoli, que o meia seja testado e não incluso na lista de atletas emprestados ou vendidos.

Desta forma, Ponte Preta e Guarani, que abriram disputa para contar com o jogador terão que, no mínimo, esperar a avaliação santista antes de sonhar com o jogador para a próxima temporada.

Rafael Longuine jogou a última Série B com a camisa bugrina e foi o artilheiro da equipe na competição, com dez gols. Ele foi a campo 34 vezes - em 38 jogos - e foi um dos atletas do elenco que mais atuou no torneio nacional.

Longuine foi contratado pelo Santos em 2015 após ser eleito a revelação do Campeonato Paulista daquele ano, atuando pelo Audax Osasco. Na ocasião, ele marcou oito gols na competição, e despertou o interesse de Corinthians, Internacional, São Paulo e Fluminense.

No entanto, o meia nunca se firmou com a camisa santista. Neste ano, por exemplo, antes de ser emprestado, ele foi um dos poucos jogadores não utilizados pelo técnico Jair Ventura em um minuto sequer. No total, Longuine disputou 47 jogos pelo Santos e marcou seis gols. O contrato dele vai até 2021.

Futebol