PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Negociação não avança e Cícero fica perto de deixar o Grêmio

Cícero não teve avanço em negociações para permanecer no Grêmio na temporada 2019 - Lucas Uebel/Grêmio
Cícero não teve avanço em negociações para permanecer no Grêmio na temporada 2019 Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek, Marinho Saldanha e Ricardo Perrone

Do UOL, em Porto Alegre e São Paulo

13/12/2018 11h06

Envolvido entre contratações, saídas e renovações, o Grêmio pretende até sexta-feira resolver as pendências com Cícero e Léo Moura. E enquanto o lateral vê sua negociação avançar para ficar no Sul, o meio-campista não tem o mesmo cenário. A tendência é que o jogador deixe o Tricolor ao fim de 2018, ficando livre para buscar outro destino. 

As negociações não avançaram como o time e o estafe do atleta pretendiam nos últimos dias. Cícero está em férias e não foi procurado pelo Tricolor para ser informado sobre a situação. 

Enquanto isso, os dirigentes gremistas admitem que a possibilidade maior neste momento é a saída. Ainda que não sejam definitivos sobre o caso. 

A situação remete ao ocorrido entre 2017 e 2018, quando Cícero não havia renovado e se apresentou para o início das atividades com acordo apenas firmado verbalmente. A assinatura aconteceu apenas dias depois, durante a pré-temporada. 

Aos 34 anos, não renovando com Grêmio, Cícero encerra sua passagem pelo clube azul, branco e preto com 50 jogo disputados e sete gols marcados. Conquistou a Libertadores de 2017, o Gauchão e a Recopa de 2018 na equipe. 

Futebol