PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro conversa com Santos por Bruno Henrique: R$ 20 milhões e mais Sassá

Bruno Henrique em ação pelo Santos; atacante interessa ao Cruzeiro - Ivan Storti/Santos FC
Bruno Henrique em ação pelo Santos; atacante interessa ao Cruzeiro Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Enrico Bruno, Samir Carvalho e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e Santos

27/11/2018 04h00

O Santos avalia consultas pelo atacante Bruno Henrique. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube paulista recebeu uma proposta oficial do Cruzeiro. O clube mineiro ofereceu 4,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 20 milhões) e mais dois jogadores. A Raposa enviou uma lista dos atletas que aceitaria envolver na negociação.

A reportagem ainda apurou que o centroavante Sassá é um dos nomes disponíveis da lista. Inicialmente, a cúpula alvinegra não gostou da proposta financeira, pois o valor é o mesmo que o clube pagou para repatriar Bruno Henrique do Wolfsburg, da Alemanha, no início de 2017.

Em contrapartida, o nome de Sassá agrada aos dirigentes santistas. Eles acreditam que o jogador tem potencial para substituir Gabigol, que retorna à Inter de Milão, da Itália, após o término de seu empréstimo, no fim deste ano.

Bruno Henrique encara jejum de 17 jogos sem gols

Após se destacar no ano passado, quando foi até cogitado para a seleção brasileira, Bruno Henrique caiu de rendimento nesta temporada. Vale lembrar que ele sofreu uma grave lesão no olho direito, que o tirou dos gramados por três meses.

Em 2017, ele foi o artilheiro do Santos, com 18 gols em 53 jogos. Já nesta temporada, o camisa 11 marcou apenas dois gols em 34 partidas.

Bruno Henrique, aliás, amarga jejum de 17 jogos sem marcar gols. O último gol foi na vitória por 2 a 1 sobre o próprio Cruzeiro, em 15 de agosto, no Mineirão, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Ele, inclusive, foi um dos que perdeu pênalti nas cobranças de desempate.

Mano é fã de Bruno Henrique e já teve chance de buscá-lo

Mano Menezes é admirador do futebol de Bruno Henrique. O treinador já teve a chance de levar o atacante para a Toca da Raposa II em janeiro de 2017. No entanto, à época, teve que escolher entre o atleta que pertencia ao Wolfsburg, da Alemanha, e Thiago Neves. Por isso, não o contratou.

Hoje, o treinador identifica a necessidade de buscar um atacante que atue pelos lados do campo e deu aval à cúpula para iniciar as conversas com o Santos pela contratação do jogador, de 27 anos de idade.

A intenção é escalar Bruno Henrique justamente pelos flancos do gramado. Ele pode atuar na posição de Arrascaeta ou na de Robinho em uma eventual necessidade. Mesmo afastado para fazer tratamento de pele, o comandante mantém conversas com o diretor de futebol Marcelo Djian e o vice-presidente Itair Machado. O atleta, que tem contrato na Vila Belmiro até janeiro de 2021, é constantemente colocado em pauta pela diretoria.

No início de 2018, também houve uma conversa entre o vice de futebol Itair Machado e a diretoria do Santos pela contratação de Bruno Henrique. A negociação, no entanto, não avançou.

Por que Sassá e Sóbis podem aparecer no negócio?

O excesso nomes para o setor ofensivo faz com que Mano Menezes e a diretoria pensem em liberar um atacante pela contratação de Bruno Henrique. Sassá e Rafael Sóbis podem pintar na negociação. Ambos já apareceram em rumores no início de 2018. No entanto, acabaram recebendo uma nova chance no decorrer da temporada.

A situação de Sassá é devido ao excesso de centroavante. Hoje, o clube conta com Fred, Barcos e Raniel. Como Mano não quer se desfazer de nenhum dos três, Sassá é visto como uma boa moeda de troca. Ele seria envolvido na contratação do lateral direito Edilson, em janeiro de 2018. Entretanto, a diretoria do Grêmio recuou no negócio e recusou o centroavante.

Rafael Sóbis perdeu espaço no elenco comandado por Mano em 2018. O camisa 7 passou a atuar com menos frequência e é peça importante no mercado da bola. Como ainda desperta interesse de grandes clubes, o atacante pode ser envolvido no negócio.

Futebol