PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goleiro hondurenho é assassinado a tiros após apartar briga em bar

Oscar Munguía tinha 26 anos e jogava no CDS Vida - Reprodução
Oscar Munguía tinha 26 anos e jogava no CDS Vida Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/11/2018 12h59

Oscar Munguía, goleiro titular do Club Deportivo y Social Vida na primeira divisão de Honduras, foi morto durante uma briga no bar de um hotel da cidade hondurenha de La Ceiba.

A briga aconteceu na madrugada do sábado (17) para domingo (18), de acordo com o jornal La Prensa de Honduras. Por volta das 3h20 (horário local, 7h20 do horário de Brasília), Munguía tentou separar uma briga entre seus amigos e outros frequentadores do bar.

Um dos envolvidos saiu do bar e foi a um hotel próximo buscar uma arma de fogo. Ao retornar, disparou contra o jogador, que já estava fora do bar. Um dos amigos de Oscar Munguía também morreu, enquanto um terceiro foi hospitalizado.

Leia também:

“Estamos tratando de identificar o que ocasionou a morte destas pessoas. Já temos informação importante sobre isso; no entanto, não podemos dar detalhes”, disse Luis Bustamante, subchefe da Unidade Departamental da Polícia de Atlántida, departamento ao norte do país onde ocorreu o crime.

Nas redes sociais, o CDS Vida comunicou a morte do jogador. “Lamentamos o sensível falecimento de nosso goleiro Oscar Munguía, que morreu de forma trágica na madrugada de hoje, domingo. Nossas condolências a seus familiares. Descanse em paz, Chin”, publicou a equipe no Twitter.

Oscar Munguía tinha 26 anos e deixa três filhos, de nove, quatro e dois anos.

Futebol