PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com "várias propostas", Bolt define até o fim do mês se segue no futebol

Jamaicano teve passagem pelo Central Coast Mariners, da Austrália - Cameron Spencer/Getty Images
Jamaicano teve passagem pelo Central Coast Mariners, da Austrália Imagem: Cameron Spencer/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/11/2018 14h54

Recordista mundial dos 100m e dos 200m e dono de oito medalhas de ouro no atletismo, o jamaicano Usain Bolt disse que vai definir até o final de novembro se vai continuar em busca do sonho de se tornar jogador de futebol profissional.

"Eu tenho várias propostas de vários clubes por aí", disse o ex-velocista de 32 anos, em entrevista à agência "Omnisport". "Até o final de novembro, nós tomaremos a decisão se eu vou para um outro clube ou se encerramos isso por aqui", completou.

Aposentado das pistas desde o Mundial de 2017 e apaixonado por futebol, Bolt iniciou a aventura no novo esporte participando de treinamentos com o Stromsgodset, da Noruega, e com o Borussia Dortmund, da Alemanha. 

Depois, o jamaicano acertou um período com o Central Coast Mariners, da Austrália, tendo inclusive marcado dois gols em um amistoso. No entanto, no início deste mês, as partes anunciaram que não chegaram a um acordo para que Bolt permanecesse e atuasse na liga do país da Oceania.

Ainda sem saber se continua jogando futebol, o ex-velocista rebateu as críticas de quem duvida de que ele possa ter um bom desempenho nos gramados. Ele citou inclusive atletas de peso com quem teve contato.

"Não levo para o lado pessoal. Apenas dou risada. Me encontrei com Patrick Vieira e com muitos outros grandes jogadores. Conversei com Pogba e Sterling e os dois estavam felizes de me verem tentando. Eles disseram: 'vamos lá, você pode conseguir'", concluiu Bolt. 

Futebol