PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG adianta receita por atrasados e estuda venda de shopping

Jogadores do Atlético-MG devem receber atrasados em breve - Bruno Cantini/Atlético
Jogadores do Atlético-MG devem receber atrasados em breve Imagem: Bruno Cantini/Atlético

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/11/2018 16h43

O Atlético-MG pretende discutir a venda da fatia que detém do shopping Diamond Mall (49%) com os membros do Conselho Deliberativo em 27 de novembro. A ideia é negociar o este percentual com a Multiplan, sócia majoritária do local - empresa dona de 51%. O clube ainda adiantou parte das cotas de TV para quitar os vencimentos atrasados de parte do elenco.

As informações sobre a intenção de venda do restante do Diamond Mall e a referente ao adiamento das cotas de TV para pagamento dos salários foram noticiadas pelo jornal O Tempo e confirmadas pelo UOL Esporte.

O diretor financeiro Carlos Fabel é quem pretende fazer a apresentação do projeto de venda do restante do centro comercial ao Diamond Mall em uma reunião do Conselho, marcada para 27 de novembro (terça-feira). Ele também foi o responsável por solicitar o adiantamento das cotas de TV.

Procurado para comentar o assunto, Fabel alegou estar ocupado com outro assunto referente ao clube e não se estendeu sobre a possível venda do centro comercial e tampouco a antecipação das cotas.

A ideia é que o Galo consiga faturar R$ 250 milhões pela negociação do percentual que detém do local. O valor é idêntico ao recebido pelo clube pela negociação de 51% do shopping center. O montante recebido no primeiro negócio será utilizado na construção da Arena MRV, que deve ter as obras iniciadas no primeiro semestre de 2019.

A venda do local, no entanto, precisa ser aprovada pelos conselheiros do clube. O intuito é sanear as finanças e findar as dívidas com a venda do restante do shopping center.

Há exatamente uma semana, durante a apresentação de Marques como diretor de futebol interino, o presidente Sérgio Sette Câmara deu indícios de que poderia negociar um dos patrimônios do clube para sanear os débitos.

"O Atlético tem um patrimônio muito grande, muito superior à dívida do clube. E temos conselheiros brilhantes, cabeças que serão convocadas para nos ajudar a encontrar o melhor caminho", disse o mandatário na ocasião.

Sobre os salários atrasados, o  clube deve um mês de salário ao elenco. Os demais funcionários receberam na data correta. A diretoria, entretanto, conseguiu uma forma de viabilizar o pagamento do débito. Serão adiantadas cotas de TV de 2019 para que a dívida seja quitada com o plantel. 

Futebol