PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arsene Wenger afirma que "certamente" não treinará um time inglês novamente

Foram 22 anos à frente do Arsenal e 17 títulos conquistados  - Shaun Botterill/Getty Images
Foram 22 anos à frente do Arsenal e 17 títulos conquistados Imagem: Shaun Botterill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/10/2018 17h57

Após 22 anos à frente do Arsenal, o técnico francês Arsene Wenger afirmou que não treinará uma equipe da Inglaterra novamente.

“Certamente não”, afirmou o ex-técnico dos Gunners, em entrevista à BBC.

O técnico de 69 anos revelou que retornará ao futebol “no ano que está por vir”.

Além disso, o francês se declarou à equipe que deixou no fim da última temporada e que terminou na 6ª posição do Campeonato Inglês.

“Quando eu posso assistir, eu sou um torcedor do Arsenal e fico feliz quando o time vence e triste quando perde”, explicou Wenger.

O campeão por 17 vezes pelo Arsenal afirmou sentir falta do futebol, mas lembrou que tem algo no esporte que não sente saudades.

“Eu sinto falta do jogo, da intensidade e da beleza de uma partida. O trabalho em equipe e o compartilhamento de emoções são coisas que você sente falta, mas eu não sinto falta das coisas negativas que existem no jogo”, disse. 

Futebol