PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Alvo da torcida, Bambu leva cartão e se despede do Santos elogiado por Cuca

Do UOL, em Santos (SP)

28/10/2018 04h00

Com contrato até o dia 10 de novembro, Robson Bambu não joga mais pelo Santos. O zagueiro de apenas 20 anos levou cartão amarelo na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, no último sábado (27), e, como estava pendurado, será desfalque do time de Cuca no clássico contra o Palmeiras, marcado para 3 de novembro, no Allianz Parque, pela 32ª rodada do Brasileiro.

A suspensão antecipa a despedida de Robson Bambu, que enviou uma carta ao presidente José Carlos Peres e informou que não permanecerá após o término do seu vínculo. Ele já tem assinado um pré-contrato com o Atlético-PR, mas não está descartado que ele ainda atue por outro clube do futebol brasileiro.

Para encarar o Fluminense, o zagueiro foi bancado pelo técnico Cuca, que ignorou a polêmica envolvendo o jogador e a diretoria e o escalou como titular. Inicialmente, os dirigentes santistas não pretendiam mais utilizar o defensor, pois avaliaram que o "prata da casa" rejeitou o clube que o revelou para o futebol. Porém, a suspensão da dupla Gustavo Henrique e Luiz Felipe acabou forçando a utilização de Robson Bambu contra o Fluminense.

Robson Bambu entrou em campo pressionado e precisou encarar o desprezo da torcida santista, que não gritou seu nome na escalação do time e ainda foi vaiado ao ser anunciado na escalação dos 11 iniciais. Apesar disso, despediu-se do clube com mais uma boa atuação. E acabou elogiado pelo técnico Cuca em entrevista coletiva após a partida.

“O caso do Robson é complicado. Todos sabem que ele tem contrato até o dia 10, que ele tem um pré-contrato com o Atlético-PR, acho, e que jogava uma partida pressionado. No aquecimento ele já foi pressionado pelo torcedor e, naturalmente, a gente entende o porquê. Conversei e pedi que ele fizesse o feijão com arroz, dentro do que ele sempre fez, e foi muito bem. Apesar de jovem é um jogador maduro e nos ajudou a vencer esse compromisso hoje.

Depois de estrear pela equipe principal ainda sob o comando de Jair Ventura, Robson Bambu só voltou a ganhar espaço após a chegada do técnico Cuca. O zagueiro fez 13 jogos em 2018. No Brasileiro foram nove, sendo oito como titular. Com ele, o Santos tomou somente três gols. Dos nove jogos em que atuou, o Santos saiu de campo sem tomar gols em sete.

Sem Robson Bambu, o técnico Cuca tem Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Lucas Veríssimo à disposição para escalar o Santos diante do Palmeiras.

Futebol