PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com Paquetá, Milan volta a ter brasileiro. Últimos não deixaram saudade

Divulgação/Flamengo
Imagem: Divulgação/Flamengo

Do UOL, em São Paulo

27/10/2018 04h00

Lucas Paquetá vai deixar o Flamengo e será jogador do Milan a partir de 2019 para se juntar a um time que já foi reduto de brasileiros na Europa. O clube italiano teve Kaká, Dida, Cafu, Ronaldinho, Robinho, entre outros, mas os últimos atletas nascidos no Brasil que foram para lá não tiveram sucesso. Em meio a temporadas ruins e sem disputar a Liga dos Campeões desde 2014, o time rossonero sofreu com os últimos brasileiros que contratou. Nenhum deles deixou saudades.

Gabriel

Gabriel - Lachlan Cunningham/Getty Images - Lachlan Cunningham/Getty Images
Gabriel chegou ao Milan em 2012, mas nunca se firmou
Imagem: Lachlan Cunningham/Getty Images

O goleiro revelado pelo Cruzeiro chegou ao Milan em 2012, aos 19 anos, após conquistar a medalha de prata com a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Gabriel, porém, demorou para ter uma chance na equipe principal e colecionou empréstimos: Carpi, Napoli, Cagliari e Empoli. Ao final da última temporada, fechou em definitivo com o Perugia, da 2ª divisão italiana, em uma transferência sem custos. Ele disputou apenas sete partidas oficiais com a camisa do clube rossonero.

Rodrigo Ely

Rodrigo Ely - Marco Luzzani/Getty Images - Marco Luzzani/Getty Images
Rodrigo Ely subiu para os profissionais do Milan
Imagem: Marco Luzzani/Getty Images

O defensor chegou ao Milan em 2010 para as categorias de base e ganhou chance no profissional do clube anos depois, mas não se destacou na equipe e foi emprestado algumas vezes, inclusive para o Alavés, da Espanha. Depois de apenas seis meses, Rodrigo Ely foi contratado em definitivo pelo clube espanhol em agosto de 2017 e segue por lá atualmente. O Alavés é a grande surpresa da atual temporada e ocupa a terceira colocação até o momento no Campeonato Espanhol. No Milan, o zagueiro jogou apenas quatro vezes.

Alex

Alex - Paolo Bruno Getty Images Sport - Paolo Bruno Getty Images Sport
Milan foi o último clube da carreira de Alex
Imagem: Paolo Bruno Getty Images Sport

Diferente dos dois jogadores anteriores, Alex chegou ao Milan em 2014 já experiente, aos 31 anos, em uma transferência sem custos. Anteriormente, tinha passado por PSG, Chelsea e PSV. Porém, na Itália, ele sofreu com lesões e teve o contrato rescindido em 2016. O clube de Milão foi o último da carreira do zagueiro, já que ele optou por se aposentar depois de descobrir que precisaria de cirurgia no joelho. Alex disputou 48 jogos pelo Milan.

Luiz Adriano

Luiz Adriano - Giuseppe Cacace/AFP Photo - Giuseppe Cacace/AFP Photo
Luiz Adriano deixou o Milan após marcar poucos gols
Imagem: Giuseppe Cacace/AFP Photo

O atacante desembarcou em Milão em 2015 para ser uma das referências do ataque do Milan e assinou contrato de cinco temporadas. O clube pagou 8 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões na época) para tirá-lo do Shakhtar Donetsk, mas a falta de brilho e os poucos gols resultaram na saída para o Spartak Moscou apenas um ano e meio depois. Luiz Adriano jogou 36 vezes e marcou seis gols pelo Milan.

Futebol