PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Por que Salah não está comemorando seus gols pelo Liverpool?

Salah tem comemorado os gols nesta temporada de maneira discreta - Oli Scarff/AFP
Salah tem comemorado os gols nesta temporada de maneira discreta Imagem: Oli Scarff/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/10/2018 13h24

Depois de temporada brilhante e que resultou até mesmo na indicação para o prêmio de melhor jogador do mundo, Mohamed Salah mudou (pelo menos em uma esfera). Chama a atenção na Inglaterra a postura discreta do egípcio ao comemorar os gols pelo Liverpool; às vezes, o camisa 11 sequer esboça qualquer reação de felicidade ao balançar as redes pelo clube que o projetou a destaque do futebol mundial.

Nesta temporada, Salah anotou seis gols em 13 partidas, e em todos mostrou uma expressão mais fechada ao receber o abraço dos companheiros. Depois da goleada por 4 a 0 sobre o Estrela Vermelha, no último meio de semana, a postura de Salah nos dois tentos anotados virou até tema pergunta para o alemão Jurgen Klopp.

“Ele está completamente bem, é sério. Se ele não está comemorando, sei lá, talvez seja por essas perguntas sobre o seu recorde de gols”, comentou o treinador do Liverpool, defendendo a produção de Salah, que chegou a ficar quatro partidas sem balançar as redes.

Foi diante do Estrela Vermelha que o astro do Egito quebrou a marca negativa e fez história pelo Liverpool. Salah se tornou o atleta a chegar mais rápido à marca de 50 gols com a camisa vermelha; o feito veio em apenas 65 partidas.

“Não falamos sobre isso, para ser honesto. Você pergunta sobre ele todo o tempo e ele vai e diz: ‘Como você se sente por que não está marcando tantos gols?’. Não estou doido, está tudo bem aqui”, acrescentou Klopp.

Enquanto o treinador alemão negou qualquer insatisfação por parte de Salah, a opinião pública se dividiu entre críticas e uma postura mais compreensiva. O ex-jogador holandês Ruud Gullit questionou o africano na última quarta-feira.

“Realmente não entendo esta reação. Afinal, o que isso significa? Você marca um gol na Liga dos Campeões! Você deve estar feliz. Será que é um tipo de declaração como: ‘ok, gente, ainda estou aqui”, disse o ex-jogador na transmissão da beIN Sports.

Outros analistas veem a postura como mais um ato de humildade por parte de Salah. Além do desempenho esportivo, a projeção do astro na Inglaterra se potencializou fora das quatro linhas pelo apoio e promoção a ações sociais, especialmente, no Egito.

“Parece que Salah está tentando se manter humilde mesmo ao marcar os gols. A maneira como celebra sugere que ele percebe o quão sortudo é por fazer o que faz”, escreveu o ídolo do Arsenal e hoje comentarista Martin Keown, em post no site do jornal Dailiy Mail.

Premiado com o troféu Puskas pela Fifa, Mohamed Salah alcançou o ponto máximo da carreira com a camisa do Liverpool no ano passado. O egípcio anotou 44 gols em 52 partidas oficiais e comandou a campanha do time no vice-campeonato da Liga dos Campeões.

Na decisão contra o Real Madrid, o atacante se machucou e viu a equipe ser derrotada por 3 a 1. O problema físico, inclusive, atrapalhou completamente na preparação e no desempenho do astro para defender o Egito na Copa do Mundo da Rússia.

Futebol