PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cuca diz que mulher é dona de "seu fake" no Instagram com 17 mil seguidores

Filhas de Cuca entraram em contato com administradora, que não quer "largar" conta - Marcello Zambrana/AGIF
Filhas de Cuca entraram em contato com administradora, que não quer "largar" conta Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

26/10/2018 13h36

O problema das fake news (notícia falsa, traduzido para a língua portuguesa) no Brasil e que virou tema até de campanha nas eleições deste ano, afetou também ao técnico Cuca, do Santos. O treinador disse que já descobriu que uma mulher é dona de um perfil falso em seu nome no Instagram e que possui mais de 17 mil seguidores.

Cuca disse que suas filhas, que trabalham como assessoras de imprensa para o comandante santista, já pediram para que esta mulher encerre a falsa conta no Instagram em nome de seu pai, mas o pedido não foi atendido. 

“É uma mulher. Minhas filhas falaram para ela largar. Ela não larga, vou fazer o quê? Não tenho Facebook, Instagram, nada. É a lei, pode, vai fazer o que? Eu tinha, daí num jogo, Atlético-MG x São Paulo, estava no hotel em SP. Libertadores. Minhas filhas mandaram foto de onde estávamos, eu mandei onde eu estou e apareceu Icloud, dei ok e foi para o Facebook. Imagina o que eu entendo disso. Excluí da minha vida, não quero, e comigo é só no zap zap”, afirmou Cuca.

O Instagram falso causa problemas para Cuca. Na noite desta quinta-feira, por exemplo, o perfil falso postou uma frase enigmática: “um dia tudo acaba”. A postagem gerou preocupação na torcida santista que não sabe que a conta é fake. Estes acreditaram que o treinador estava se despedindo do clube.

Isso porque Cuca e o presidente José Carlos Peres enfrentam uma crise de relacionamento. O treinador criticou o mandatário em entrevista coletiva na semana passada pois Peres palpitou em relação a escalação da equipe santista ao dizer que o costarriquenho Bryan Ruiz joga fora de sua posição e, por isso, não rende o seu melhor futebol.

O “fake de Cuca” foi iniciado em 16 de junho de 2017, quando o treinador ainda comandava o Palmeiras. O perfil atualmente está privado, quer dizer, o usuário precisa mandar solicitação para seguir o falso perfil.

Futebol