PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Clubes ingleses se unem contra proibição de bebidas alcoólicas nos estádios

Clubes ingleses se movimentaram para mudar a legislação que proíbe o consumo de álcool - Reuters / Dylan Martinez
Clubes ingleses se movimentaram para mudar a legislação que proíbe o consumo de álcool Imagem: Reuters / Dylan Martinez

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/10/2018 10h14

Enquanto as autoridades inglesas se preocupam com a possível ascensão do hooliganismo, nove clubes da Football League, que abrange desde a segunda até a quarta divisão do país, se movimentam para derrubar uma das proibições impostas há três décadas: a lei seca. A informação foi divulgada pela emissora Talk Sport nesta sexta-feira (26).

De acordo com a notícia, Ipswich Town (Segunda Divisão); Sunderland, Doncaster Rovers e Accrington Stanley (Terceira Divisão); e Port Vale, Forest Green Rovers, Lincoln City, Tranmere Rovers e Northampton Town (Quarta Divisão) enviaram um documento às autoridades para liberar novamente o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios.

A proposta já passou e acabou aprovada pela Federação de Torcedores de Futebol (FSF). Há resistência, entretanto, no atual governo britânico para atender a este pedido dos times, que justificam a luta pela revogação da “lei seca” em quatro pontos, principalmente.

No documento, os pontos principais abordam um “melhor tratamento para os fãs”, “uma melhor experiência em dia de jogo para os torcedores”, “menor consumo de álcool antes e durante o intervalo [parte dos estádios possuem pubs colados às entradas]” e “maior receita aos times” nos eventos.

A ideia recebe resistência das autoridades, principalmente o Ministério do Interior Britânico, que se opõe ao desejo dos clubes. “Estamos satisfeitos com a legislação vigente: ela é necessária de adequada. O futebol tem singulares riscos de ordem pública e muitos incidentes de desordem relacionados com o álcool em excesso”, disse um porta-voz à emissora.

A Inglaterra trata de maneira bem cautelosa a relação entre torcedores e o futebol desde o fim da década de 1980. O caso mais emblemático ocorreu em 1989, quando 96 fãs do Liverpool morreram pisoteados e sufocados no estádio do Sheffield, durante o duelo contra o Nottingham Forrest pela semifinal da Copa da Inglaterra.

Futebol