PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com apoio de ex-opositor e ataques de Bandeira, Lomba lança chapa no Fla

Ricardo Lomba (e) recebeu o apoio do ex-opositor Cacau Cotta na eleição do Flamengo - Vinicius Castro/UOL Esporte
Ricardo Lomba (e) recebeu o apoio do ex-opositor Cacau Cotta na eleição do Flamengo Imagem: Vinicius Castro/UOL Esporte

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/10/2018 21h40

Ricardo Lomba lançou candidatura à presidência do Flamengo nesta quinta-feira (25). O atual vice-presidente de futebol é o nome da situação na eleição marcada para o dia 8 de dezembro. O evento contou com duros ataques do atual mandatário Eduardo Bandeira de Mello aos opositores e também com um surpreendente apoio.

Crítico da gestão e candidato no último pleito - ficou em 3° lugar -, Cacau Cotta se juntou aos eleitores de Lomba. O anúncio do grupo político União Rubro-Negra, inclusive, será realizado na próxima semana, mas o ex-opositor falou abertamente sobre a escolha nos bastidores.

O ex-presidente Márcio Braga, que apoia o opositor Rodolfo Landim, também esteve no evento e foi muito aplaudido. Considerado o dirigente mais vitorioso da história do clube, ele até utilizou um adesivo de Ricardo Lomba.

Além da apresentação das realizações nos últimos seis anos de gestão, o discurso firme contra a chapa liderada por Landim deu o tom. A começar pelo slogan com a cor rosa, já que o tradicional azul está impedido de ser utilizado por conta de uma disputa na Justiça.

Partiram de um emocionado e ainda presidente Eduardo Bandeira de Mello as palavras mais duras. Wallim Vasconcellos e Luiz Eduardo Baptista, o Bap, são desafetos do dirigente, que não economizou nos ataques, traduzindo bem o clima entre as correntes políticas na Gávea.

"Fizemos muito com essa equipe que está aqui em seis anos juntos. Estamos com a consciência tranquila de que promovemos o melhor. Não podemos entregar o Flamengo na mão de aventureiros. Trabalhamos em harmonia nos últimos quatro anos, com pessoas que respeitam os semelhantes. Vamos decidir no dia 8 se continuaremos ou entregaremos o clube nas mãos de quem não merece. Só confio na continuidade se o Lomba for eleito. Eu não estarei mais aqui, mas esse grupo precisa continuar", afirmou Bandeira.

A proximidade da conclusão do CT Ninho do Urubu foi intensamente abordada durante a realização do evento. O vice de patrimônio Alexandre Wrobel exaltou o principal case da atual administração e também deixou claro que uma definição sobre o estádio do clube está próxima.

"O jogador vai entender no CT que chegou ao ápice da carreira. Não existe nada igual. Sobre estádio, o Flamengo é o trem pagador do Maracanã. Ponto. São números, mas duvidaram da nossa capacidade. Ou resolvemos a situação do Maracanã ou construiremos o nosso estádio. Não é promessa eleitoreira, mas acho que estamos próximos do encaminhamento com um excelente terreno que povoará os nossos melhores sonhos", disse.

"Se não quiserem nos oferecer o Maracanã, eles que vão perder. É uma promessa minha de que o Flamengo terá o seu estádio próprio", completou Ricardo Lomba, que se mostrou emocionado durante todo o evento.

"Todos os meus amigos estão aqui. Amigos de  infância, de colégio, de arquibancada... Minha família. Todos juntos no sonho de ajudar o Flamengo, que é maior do que tudo e do que qualquer disputa política", encerrou.

Futebol