PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcida do Atlético-MG volta a protestar em frente à sede do clube

Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro
Imagem: Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro

Do UOL, em Belo Horizonte

23/10/2018 21h03

Quatro dias após uma primeira manifestação, torcedores do Atlético-MG voltaram a marcar presença em frente à sede do clube, no bairro de Lourdes. O diretor de futebol, Alexandre Gallo, foi o principal alvo dos protestos, direcionados também ao presidente Sérgio Sette Câmara.

Cerca de 70 atleticanos sem ligações com torcidas organizadas se reuniram no local com faixas para questionar o trabalho da nova gestão do clube, iniciada nesta temporada. "Você não é digno do sobrenome que carrega, fora Alexandre Tadeu", dizia uma das faixas, se referindo ao diretor de futebol.

A insatisfação também foi direcionada a alguns jogadores. Cazares e Luan foram citados pela torcida e alvos das cobranças. "Justifiquem seus salários, elenco e diretoria", dizia outra mensagem.

Um princípio de confusão ocorreu quando um torcedor do Cruzeiro passou pelo local e provocou os atleticanos presentes, chegando a ser perseguido por alguns torcedores.

Nenhum profissional do clube passou pelo local ou conversou com os torcedores, que prometeram novos protestos caso a situação do time não melhore.

Futebol