PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diretoria do Barcelona recua sobre proposta para mudança de escudo

Após recusa da mudança do escudo, Bartomeu afirmou que diretoria fará reflexão sobre o tema - Germán Praga/FCB
Após recusa da mudança do escudo, Bartomeu afirmou que diretoria fará reflexão sobre o tema Imagem: Germán Praga/FCB

Do UOL, em São Paulo

20/10/2018 15h41

A diretoria do Barcelona recuou sobre a proposta para alterar o escudo do clube. Na assembleia deste sábado (20), a presidência decidiu tirar o tema da pauta antes mesmo que fosse votada, já que ficou claro que ela não seria aprovada. A decisão irritou os associados, inclusive, alguns deles deixaram o local da reunião. 

"Retiramos esse ponto da ordem do dia e levaremos adiante uma reflexão sobre como adequar as preferências e as necessidades dos sócios, e também a possibilidade de que seja necessário convocar um referendo para decidir algo tão importante como a mudança do escudo", afirmou o presidente Josep Maria Bartomeu, durante o evento.

A proposta do novo escudo foi anunciada pela diretoria no último dia 27 de setembro. Entre as principais alterações está a retirada das siglas FCB e de contornos internos pretos e a diminuição no número de faixas azuis e grenás. Segundo a presidência, o novo símbolo é "homogêneo e harmonioso".

Novo escudo do Barcelona - Divulgação/FC Barcelona - Divulgação/FC Barcelona
Novo escudo do Barcelona sem as siglas FCB não foi aceito pelos sócios
Imagem: Divulgação/FC Barcelona

Durante a rodada de perguntas feitas pelos delegados, ficou clara a discordância em relação ao tema. Alguns presentes disseram que o escudo do clube não deve ser tratado como o logotipo de uma empresa e que não havia necessidade de mudá-lo. Também foi contestada a decisão de retirar as iniciais da instituição. Os delegados pediram ainda que fosse realizado um referendo sobre o item, isto é, uma votação com todos os outros associados. 

O vice-presidente, Jordi Cardoner, argumentou que a mudança no emblema "não é um capricho, mas sim um projeto de marca para seguir sendo uma referência mundial". "Precisamos atualizar e inovar em todos os âmbitos. Não é só o escudo, mas o projeto", completou.

A remodelação do Barcelona foi realizada pela empresa Summa. Na assembleia deste sábado, o fundador e diretor criativo da companhia, Jordi Mir, explicou que optou por apostar em dois conceitos de identidade, sendo FC Barcelona e Barça. Sendo assim, seria impossível ter uma terceira marca, abrindo mão, então, do FCB. 

Futebol