PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Precursora do futebol feminino no México, ex-treinadora é assassinada

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

18/10/2018 21h37

Marbella Ibarra acreditou na liga mexicana de futebol feminino muito antes de seu sonho se concretizar. Precursora e principal incentivadora da modalidade no país, a ex-treinadora foi brutalmente assassinada.

O corpo dela foi localizado dentro de um saco plástico nesta terça (16) em Rosarito, norte do México, mas Marbella já estava desaparecida desde 19 de setembro, segundo os familiares ouvidos pelo jornal El País.

O rosto, o pescoço e as pernas apresentavam sinais de tortura, e os pés e as mãos estavam amarrados. As autoridades locais acreditam que o crime tenha sido cometido na última sexta-feira.

A motivação por trás do homicídio ainda é incerta. Ela foi a fundadora do primeiro time feminino profissional do México, o Xolas de Tijuana, mas a investigação preliminar aponta que sua morte pode não estar ligada com a profissão.

Em seus últimos anos de vida, Marbella Ibarra se dedicava a uma fundação em apoio a jovens jogadoras de futebol. Sua sobrinha, que é atleta do Atlas, lamentou o ocorrido: "Serei eternamente agradecida. Você foi a melhor amiga, melhor tia e melhor treinadora".

Futebol