PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Único reforço de Cuca no Santos deve voltar ao time somente em 2019

Felippe Cardoso, ex-Ponte Preta, só jogou 20 minutos e já foi contratado em definitivo - Divulgação/Santos FC
Felippe Cardoso, ex-Ponte Preta, só jogou 20 minutos e já foi contratado em definitivo Imagem: Divulgação/Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

10/10/2018 04h00

O atacante Felippe Cardoso, único reforço do Santos contratado a pedido do técnico Cuca, só deve voltar aos gramados em 2019 por conta de uma lesão no púbis. O UOL Esporte apurou que o departamento médico e físico do clube já informou à comissão técnica de que é preciso ter cautela no tratamento e que o jogador só estará 100% fisicamente na próxima temporada.

A contratação de Felippe Cardoso tem gerado polêmica na Vila Belmiro, tanto entre os opositores do presidente José Carlos Peres quanto entre profissionais do clube. Isso porque o centroavante foi contratado mesmo com a informação do departamento médico de que o jogador sofria de pubalgia.

A polêmica aumentou nesta semana após o Santos anunciar a contratação do centroavante em definitivo. O ex-centroavante da Ponte Preta chegou ao clube por empréstimo até o fim desta temporada, mas agora assinou até 2023.

O curioso é que ele atuou apenas cerca de 20 minutos no clássico contra o São Paulo, válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no mês passado. Em seguida, Felippe Cardoso voltou a sentir a lesão no púbis e não jogou desde então.

Os opositores que frequentam o clube e profissionais que acompanham aos treinamentos alegam que o jogador não se destaca nas atividades e não poderia ser contratado com apenas 20 minutos em campo com a camisa santista.

Em nota oficial, o Santos divulgou a contratação em definitivo e fez questão de ressaltar que Felippe Cardoso foi um pedido exclusivo do técnico Cuca. Na mesma publicação, o jogador comemorou os cinco anos de contrato. "É a realização de um sonho. Agora com contrato definitivo, o foco é inteiramente em trabalho duro nestes próximos cinco anos. Espero voltar o mais rápido possível para ajudar a equipe do Santos FC, sempre visando dar muitas alegrias ao nosso torcedor", disse.

O Santos adquiriu 60% dos direitos econômicos do ex-atacante da Ponte Preta. O restante ficou dividido entre Osvaldo Cruz e o time de Campinas.

O clube paulista pagará por Felippe Cardoso em três parcelas. A primeira de R$ 2,2 milhões já foi depositada, enquanto o restante, de R$ 800 mil, será pago em duas vezes nos dois próximos meses.

Futebol