PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Impedido por lesões, David volta a sonhar com parceria no ataque com Fred

David sonha em jogar com Fred. Enquanto um atuava, o outro sempre estava machucado - Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
David sonha em jogar com Fred. Enquanto um atuava, o outro sempre estava machucado Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

29/09/2018 04h00

Quando chegou ao Cruzeiro, no início da temporada, o garoto David, de 22 anos, não escondeu seu sonho de jogar no clube e de fazer uma parceria com o atacante Fred. Acontece que essa parceria nunca aconteceu até agora. Seja por causa das lesões de David ou do próprio Fred, os dois não chegaram a atuar em nenhum momento juntos. Mas depois de quase oito meses isso poderá acontecer neste domingo. Pela primeira vez, os dois estão à disposição de Mano e a presença de ambos em campo contra o Palmeiras passa a ser apenas opção de Mano Menezes.

Para o confronto no Pacaembu, Mano já deu indícios de que não utilizará seus jogadores titulares, como tem feito na maioria dos jogos que antecedem partidas importantes da Copa do Brasil e Libertadores. Desta forma, David poderá começar jogando, assim como fez na partida anterior, diante do Santos. No caso de Fred, o jogador ainda está adquirindo o ritmo de jogo e tem chances de ser utilizado no segundo tempo.

"É uma questão de condicionamento, o Fred já fez um treino de 60 minutos. Terminou, naturalmente, cansado, agora vamos ver a recuperação. O começo é assim, para cada jogador é diferente. É isso que está pesando, não tem mais limitação nenhuma, é só uma questão de ritmo para ele voltar a fazer o que está acostumado", comentou o técnico Mano Menezes.

Contratado junto ao Vitória por R$10 milhões, David foi o jogador mais caro da janela do início do ano no Cruzeiro. Mas o clube e torcida precisaram ter paciência para vê-lo jogar. O atacante conviveu com seguidos problemas musculares e só fez seu primeiro jogo em abril, antes de se machucar novamente. Na época, Fred já havia lesionado o joelho direito e também ficou de molho, retornando aos treinos no início de setembro.

"Eu já vinha sonhando com isso, mas infelizmente acabei me machucando. Agora temos que ter paciência, o Fred também está voltando, precisa adquirir ritmo de jogo. Mas pela experiência que tem, ele conseguirá dar a volta por cima. É muito importante para o time, espero que volte a ser o Fred que sempre foi", disse o garoto.

Futebol