Topo

Futebol


Com gol brasileiro e novo técnico, Espanha bate Inglaterra em pleno Wembley

Frank Augstein/AP Photo
Imagem: Frank Augstein/AP Photo

Do UOL, em São Paulo

08/09/2018 17h43

A Espanha contou com ajuda brasileira para bater a Inglaterra de virada, em pleno estádio de Wembley, neste sábado (8). O gol do brasileiro naturalizado espanhol Rodrigo garantiu a vitória sobre o atual quarto colocado da Copa do Mundo, por 2 a 1, pela Liga das Nações. Antes, no jogo que marcou a estreia de Luis Enrique no comando da Fúria, Saúl havia marcado e Rashford descontado para os mandantes.

Nos minutos finais do duelo, os ingleses até chegaram ao gol de empate, mas o árbitro, que havia validado em um primeiro momento, voltou atrás e assinalou falta em cima do goleiro De Gea. As vaias tomaram conta do estádio.

Na próxima terça-feira (11), a equipe de Luis Enrique recebe a Croácia, atual vice-campeã do mundo, pela segunda rodada da competição. Já a Inglaterra, sem partida pelo torneio, fará amistoso contra a Suíça no mesmo dia.

Quem foi bem: brasileiro Rodrigo, com assistência e gol

Frank Augstein/AP Photo
Imagem: Frank Augstein/AP Photo

O brasileiro naturalizado espanhol foi o melhor do duelo deste sábado. Além da assistência para o gol de Saúl e o gol da virada, o atacante esteve muito ligado na partida e foi quem ofereceu maior perigo ao trio de zaga inglês.

Menção honrosa deve ser feita a De Gea, que não fez uma boa Copa do Mundo, mas parece ter voltado à boa forma. Como se espera dele, o goleiro fez pelo menos duas defesas difíceis e garantiu o triunfo na estreia do novo treinador.

Quem foi mal: Stones vacila e cede virada

O zagueiro do Manchester City foi o pior nome de um sistema, formado por ele, Maguire e Joe Gomez, que não se encontrou no primeiro jogo após a Copa do Mundo. Ele, inclusive, abandonou a marcação segundo gol espanhol.

Espanha cresce e vira em pleno Wembley

Ao conter a empolgação inglesa, que jogava em casa e abriu o placar, a Espanha passou a tomar conta do jogo. Em um vacilo de Stones, que abandonou a marcação em Rodrigo e deu condição aos espanhóis, após cobrança de falta de Thiago Alcântara, o atacante do Valencia infiltrou livre e cabeceou para virar o jogo.

Contra-ataque fatal e gol de Rashford

A Inglaterra precisou de um contra-ataque para abrir o placar. Kane recebeu no meio-campo e abriu para Shaw, que disparou em velocidade. O lateral esquerdo teve bastante felicidade para cruzar rasteiro e encontrar Rashford nas costas da zaga. O atacante do Manchester United completou de primeira para o fundo das redes.

Não deu nem tempo de comemorar

A comemoração da torcida mandante, porém, durou muito pouco - algo em torno de dois minutos. Carvajal fez jogada individual pela direita e cruzou para Rodrigo. O atacante avançou e tocou para Saúl, que, mesmo com pouco espaço, chutou e deu um 'banho de água fria' nos ingleses.

Espanha esfria a partida

Depois de voltar com a vantagem dos vestiários, a seleção espanhola esfriou a partida. Com toque de bola envolvente e pressão na saída de bola, neutralizou a equipe de Southgate, que teve dificuldades para criar jogadas ofensivas.

Choque feio e susto

Frank Augstein/AP Photo
Imagem: Frank Augstein/AP Photo

O lateral esquerdo Shaw se chocou com Carvajal e caiu de forma feita no gramado. Após seis minutos de atendimento, o atleta foi retirado de maca e com uma máscara de oxigênio por precaução. Entrou no seu lugar Danny Rose.

Era pegar na bola que... vaias a Sergio Ramos

Frank Augstein/AP Photo
Imagem: Frank Augstein/AP Photo

Capitão da seleção espanhola, o zagueiro do Real Madrid não teve sossego em Wembley, principalmente nos primeiros minutos do confronto. Era pegar na bola que a torcida o vaiava. A hostilidade se dá pelo motivo de Sergio Ramos ter lesionado Mohamed Salah, do Liverpool, na final da última edição da Liga dos Campeões. Naquela ocasião, o egípcio precisou ser substituído. 

Homenagem ao artilheiro

Toby Melville /Reuters
Imagem: Toby Melville /Reuters

Artilheiro da Copa do Mundo com seis gols, Harry Kane foi homenageado antes do confronto deste sábado. O atacante do Tottenham, além de utilizar chuteiras douradas no duelo em referência ao prêmio do Mundial, exibiu o troféu de Chuteira de Ouro antes de a bola rolar.

Ficha técnica

Inglaterra 1 x 2 Espanha

Local: Estádio de Wembley, na Inglaterra
Data: 08 de setembro de 2018, sábado 
Horário:
15h45 (de Brasília)
Árbitro: Danny Makkelie
Assistentes: Hessel Steegstra e Mario Diks
Cartões amarelos: Henderson, Shaw, Stones e Danny Rose (Inglaterra); Carvajal (Espanha)

Gols: Rashford, aos 10', Saúl, aos 12', e Rodrigo, aos 31 minutos do primeiro tempo.

Inglaterra: Pickford; Joe Gomez, Stones e Maguire; Henderson (Dier); Trippier, Lingard, Dele Alli e Shaw (Danny Rose); Harry Kane e Rashford (Welbeck).
Técnico: Gareth Southgate.

Espanha: De Gea; Carvajal, Nacho, Sergio Ramos e Alonso (Iñigo Martínez); Busquets, Saúl e Thiago Alcântara (Sergi Roberto); Isco, Iago Aspas (Asensio) e Rodrigo.
Técnico: Luis Enrique.

Futebol