PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio põe multa de R$ 195 mi em jovem meia que passou pelo Real Madrid

Pedro Lucas, de 16 anos, assina contrato com o Grêmio seu primeiro contrato profissional - Arquivo Pessoal
Pedro Lucas, de 16 anos, assina contrato com o Grêmio seu primeiro contrato profissional Imagem: Arquivo Pessoal

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

31/08/2018 04h00

O Grêmio assinou o primeiro contrato profissional de Pedro Lucas, 16 anos. O vínculo tem multa rescisória de 40 milhões de euros (R$ 195 milhões na cotação atual) e vale até 2021. O meia chegou a ser apadrinhado por Ronaldo Fenômeno e treinou no Real Madrid.

Pedro tem sido um dos destaques da base do Grêmio. Ele está no clube gaúcho desde 2014, o UOL Esporte contou a história na ocasião. 

O contrato assinado confirma plano de médio e longo prazo. Nos últimos meses, Pedro Lucas passou a integrar equipes de categorias mais velhas tamanha desenvoltura e boas atuações.

Canhoto, a promessa atualmente está no time sub-17, mas atuou pelo Grêmio em competições internacionais e nacionais. É elogiado pela técnica e visão de jogo. Também tem no histórico gols de bola parada.

Pedro Lucas mora em Porto Alegre há quatro anos com a mãe. Recebe o pai a cada 15 dias e tem acompanhamento completo do Grêmio dentro e fora de campo. O meia é natural de Baixo Guandu, no Espírito Santo.

Aos 9, virou febre na internet com vídeo de dribles, arrancadas e gols. A fama chegou até Ronaldo Fenômeno e o ex-centroavante ajudou a marcar testes para o jovem atleta no Real Madrid. A pouca idade foi um dos empecilhos para permanência na Espanha. De volta ao Brasil, ele foi levado ao Grêmio pelo empresário Jorge Machado e desde então atua no clube gaúcho.

O contrato assinado com o Grêmio tem opção de renovação por mais dois anos.

Futebol