PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Artilheiro do Atlético-MG, Ricardo Oliveira tenta evitar pior jejum no ano

Ricardo Oliveira lamenta chance perdida com a camisa do Atlético-MG - Pedro Vale/AGIF
Ricardo Oliveira lamenta chance perdida com a camisa do Atlético-MG Imagem: Pedro Vale/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

31/08/2018 04h00

Ricardo Oliveira é sinônimo de gols no Atlético-MG. São 18 na temporada. Contudo, o artilheiro do elenco já está há três partidas sem balançar as redes e tenta evitar o seu maior jejum em 2018 no compromisso diante do Corinthians, neste sábado (1º), às 21h (de Brasília).

A maior seca do atacante no ano foi entre a 12ª e a 15ª rodadas do Campeonato Brasileiro. Ele passou em branco no triunfo sobre o Ceará, nos reveses para Grêmio e Palmeiras e também na vitória diante do Paraná.

Na atual série, ele não marcou gols contra Botafogo, Vasco e Vitória. Embora o Galo tenha vencido o primeiro em pleno Engenhão, tropeçou contra os demais. Foi um empate sem gols diante do Vasco, no Independência, e o revés por 1 a 0 para o Vitória no Barradão.

Ricardo Oliveira viveu um fato curioso no último domingo. Pela primeira vez, não esteve em campo por 90 minutos na atual edição do Brasileiro. Ele já havia deixado o campo para a entrada de Alerrandro na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro na sexta rodada. No entanto, só saiu do gramado nos acréscimos do segundo tempo.

O incansável veterano esbanja físico, mesmo que a pontaria não esteja tão afiada nos compromissos mais recentes.

Futebol