PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Centurión é denunciado na Argentina por "incitação à violência" em partida

Juan Mabromata/AFP
Imagem: Juan Mabromata/AFP

Do UOL, em São Paulo

30/08/2018 10h54

O atacante Ricardo Centurión pode ter que responder na Justiça argentina por seus gestos após a expulsão na derrota por 3 a 0 do Racing diante do River Plate na última quarta-feira, pela Copa Libertadores. Segundo os jornais “Olé” e “Clárin”, o jogador com passagem pelo São Paulo foi denunciado pela polícia local por "incitação à violência" ao provocar torcedores rivais.

O gesto em questão ocorreu na saída de campo de Centurión, que foi expulso após reagir a uma provocação de Enzo Pérez com uma voadora. O atacante apontou para uma faixa imaginária no peito e mostrou o número 4 com os dedos, em referência a uma goleada que aplicou sobre o rival quando ainda jogava pelo Boca Juniors.

Com a denúncia, Centurión pode ser enquadrado no artigo 98 do Código de Contravenção local, que prevê multa até de até 1000 pesos (cerca de R$ 120) e detenção de até cinco dias a quem, na ocasião de um espetáculo esportivo, provocar a torcida adversária.

Segundo a imprensa argentina, em casos parecidos o acusado, quando condenado, costuma ter a pena revertida em trabalhos sociais.

Com a derrota no Monumental de Núnez, o Racing foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores. No jogo de ida, em Avellaneda, os times empataram por 0 a 0.

Futebol