PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos negocia com brasileiro que já disputou a Copa do Mundo pela Croácia

Meia Sammir não atua desde maio de 2017 por conta de problemas familiares - Charlie Crowhurst/Getty Images
Meia Sammir não atua desde maio de 2017 por conta de problemas familiares Imagem: Charlie Crowhurst/Getty Images

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

29/08/2018 16h01Atualizada em 29/08/2018 18h07

O Santos negocia a contratação do meia-atacante Sammir, meia brasileiro naturalizado croata e que disputou a Copa do Mundo do Brasil, em 2014. O atleta, que está com 31 anos e sem clube, chegou ao clube na tarde desta quarta-feira para se reunir com o diretor executivo de futebol, Ricardo Gomes. A informação foi inicialmente publicada pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

O último clube de Sammir foi o Dínamo Zagreb-CRO. Ele não atua desde de 31 de maio de 2017 por conta de problemas familiares.

Sem atuar há mais de um ano, Sammir só deve ser contratado para a próxima temporada, segundo o diretor executivo Ricardo Gomes. O meia teve passagem pelo Wuhan Zall, da China, mas não atuou por lá. Ele ficou somente seis meses e pediu rescisão contratual por falta de pagamento. O Santos tinha interesse em contratá-lo até o fim desta temporada, mas teme problemas judiciais.

“Sammir é uma ideia, mas difícil, ainda está como jogador do clube chinês. Acho difícil, mas é uma ideia lá pra frente, para dezembro, janeiro. Estamos tentando antecipar para não errar. Um dos casos é o Sammir, mas não é para agora. Mas pode ficar aqui por um período”, disse o dirigente.

Como a janela de transferências do mercado internacional fechou recentemente, o Santos só pode contratar atletas no mercado interno ou sem contrato, caso do brasileiro naturalizado croata.

Revelado pelo Atlético-PR, Sammir atuou na Ferroviária, Paulista, São Caetano, Dínamo Zagreb, Getafe-ESP e Jiangsu Suning, Zhejiang Greentown e Wuzan Zall, na China.

Até o momento, o Santos realizou seis contratações nesta temporada: casos de Gabigol, Eduardo Sasha, Dodô, além dos gringos Carlos Sánchez, Bryan Ruiz e Derlis González.

Futebol