PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem previsão, funcionários do Flu caminham para 2 meses de atraso salarial

Lucas Merçon/Fluminense F.C
Imagem: Lucas Merçon/Fluminense F.C

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/08/2018 04h00

Sem dinheiro em caixa, apesar de o Fluminense ter fechado o primeiro semestre com um lucro de pouco mais de R$ 4,6 milhões, o Flu caminha para completar dois meses de atraso salarial com os funcionários que ganham mais de R$ 4 mil. 

Ciente da situação delicada dos colaboradores, o presidente Pedro Abad já começou um giro pelos departamentos para conversas e explicações para aqueles que trabalham diariamente nas Laranjeiras. 

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol