PUBLICIDADE
Topo

Futebol

STJD acata denúncia, e Clayson será julgado por atirar água em torcedora

Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 16h59

Duas semanas após a derrota do Corinthians para a Chapecoense no Campeonato Brasileiro, o time do Parque São Jorge pode sofrer novo baque, desta vez no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Tribunal acatou denúncia contra Clayson, que corre risco de pegar até seis jogos de gancho por ter atirado água em torcedores na ocasião.

O ato de Clayson não chegou a ser relatado na súmula, mas os procuradores o denunciaram com base no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O texto prevê suspensão de dois a seis jogos para o atleta que "provocar o público durante a partida". A denúncia foi analisada pelo STJD nesta terça-feira (28), e o julgamento está marcado para quinta (30), a partir das 14h30 (de Brasília).

Na ocasião, Clayson foi substituído na metade do segundo tempo e, ao caminhar em direção ao banco, retrocedeu um passo e jogou água em torcedores que pareciam provocá-lo da arquibancada da Arena Condá. Na zona mista, após a partida, ele pediu desculpas e disse ter estado com a cabeça quente.

Caso seja considerado culpado e receba a punição máxima do STJD (seis partidas), Clayson perderia confrontos importantíssimos do Corinthians neste momento da temporada. A sequência da equipe tem jogos contra Atlético-MG, Ceará, Palmeiras, Sport e Internacional pelo Campeonato Brasileiro, além do duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo.

Atleta da Chape também vai a julgamento

Barreto, da Chapecoense, também será julgado nesta quinta-feira (30). Na partida contra o Corinthians, ele acabou expulso pelo árbitro Grazianni Marcel por reclamação, mesmo estando no banco de reservas. Denunciado com base no artigo 258, ele também corre risco de pegar seis jogos de suspensão.

Futebol