PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Loss muda padrão de Tite e Carille e esconde time para decisão com chilenos

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 17h07

A atividade de véspera de Corinthians x Colo-Colo, nesta terça-feira (28), reforçou uma tendência sobre os métodos de Osmar Loss em pouco mais de três meses de trabalho. Pela primeira vez desde que passou de auxiliar a treinador, ele fechou treinamento para a imprensa e provavelmente levará o mistério até o momento da decisão pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

O acesso de jornalistas aos treinamentos, salvo raríssimas exceções, foi sempre liberado nos tempos de Tite e de Fábio Carille. Quando isso não ocorreu, o Corinthians se habituou a fornecer a escalação da equipe. Loss, em sua primeira partida de maior caráter decisivo, optou por seguir uma linha semelhante a Cristóvão Borges, de breve período no comando técnico em 2016. Por um momento, Cristóvão chegou a instalar um tapume para cobrir o campo de treino.

Nesta terça, não foi possível confirmar se o Corinthians terá um ataque sem centroavante de ofício, como o treinador havia indicado depois da vitória sobre o Paraná Clube no último sábado. Com Romero liberado após cumprir suspensão, a dúvida fica por conta de quem dará lugar ao paraguaio, um dos destaques da temporada. Roger é o favorito a voltar ao banco, mas Pedrinho e Clayson também são candidatos. De acordo com a assessoria de imprensa, Jonathas não tem condições de jogo.

Já a dúvida em torno da escalação de Cássio também não foi desfeita no treino desta terça. Lesionado no último sábado, o goleiro não treinou em campo desde então e ainda não se sabe se estará disponível para enfrentar os chilenos. Nesta tarde, ele apenas trabalhou na parte interna, com foco na reabilitação. Caso ele não possa jogar, Walter será o titular.

Antes da decisão de fechar treinamento, Loss também havia alterado outro procedimento em relação aos jornalistas e público em geral. Em algumas partidas desde a Copa do Mundo, o treinador segurou a divulgação da lista de jogadores relacionados para os instantes que antecederam as partidas e ampliou a ideia de limitar o acesso às informações em vésperas dos jogos.

O provável Corinthians que recebe o Colo-Colo em São Paulo é: Cássio (Walter); Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho (Roger), Romero, Jadson e Clayson.

Depois de perder por 1 a 0 em Santiago, o Corinthians precisa de uma vitória por dois gols de vantagem para avançar diretamente às quartas de final. Caso repita o marcador do Chile e vença, levará a disputa para os pênaltis. Já os chilenos se classificam com vitória, empate e qualquer derrota por um gol de diferença em que marque pelo menos uma vez.

Divulgada ao fim da atividade, a lista de relacionados ainda tem, além dos prováveis titulares, mais sete jogadores: Walter (goleiro), Léo Santos (zagueiro), Carlos (lateral esquerdo), Mateus Vital (meia), Danilo (meia), Sheik (atacante) e Roger (atacante).

Futebol