PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem Guerrero, Inter não muda planos e rejeita busca por outro atacante

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/08/2018 04h00

O Internacional não irá buscar uma nova alternativa para o comando de ataque. Sem Paolo Guerrero, que precisa cumprir mais oito meses de suspensão, o Colorado nega a possibilidade de contratar outro atleta para compor grupo.

No sábado, diante do Palmeiras, foi Jonatan Alvez que começou a partida. Com Leandro Damião ainda lesionado, Brenner, de 19 anos, entrou no segundo tempo e não rendeu o esperado. Pottker estava suspenso.

"Não é uma situação que preocupe. A contratação do Guerrero foi uma situação por ser o jogador que é, que iria nos ajudar muito, fizemos um movimento pela possibilidade. Se fosse qualquer outro jogador, não veríamos a possibilidade de contratar porque entendemos que temos grandes jogadores. O Jonatan ainda está se acostumando, o Damião está se recuperando e está com grandes chances de ficar à disposição no próximo jogo. Estamos bem servidos, o Guerrero seria uma peça a mais, muito qualificada, que nos ajudaria", disse o vice de futebol Roberto Melo.

Alvez chegou em 15 de julho, disputou até agora seis jogos e marcou dois gols. A titularidade é condicionada pelos problemas na cervical apresentados por Leandro Damião, que voltou aos trabalhos de campo, mas não tem retorno confirmado.

"A informação que eu tenho é que há grande possibilidade de estar à disposição para o próximo final de semana. Vem treinando forte e é um jogador que contamos ainda, vem trabalhando e esperamos o mais rápido possível contar com ele", disse Melo. "O Damião está fazendo a progressão dele, temos a semana para trabalhar. Se tiver bem, seguir bem, vamos ver mais próximo do jogo se poderá ou não ficar à disposição", completou o técnico Odair Hellmann.

Brenner foi a opção neste sábado. Com apenas 19 anos, o goleador colorado na Copa São Paulo deste ano não conseguiu render o esperado.

"O Brenner foi porque o Palmeiras nos pressionava mais alto e não estávamos conseguindo trocar a bola de saída com a mesma facilidade de outras partidas. Surgiu a bola longa. Os outros não têm a característica de primeira bola. O Brenner foi por isso. Um jogador de área", explicou Odair.

William Pottker já foi utilizado também no comando de ataque. Ele, porém, estava suspenso da partida deste sábado. Nico López, quando utilizado, não foi bem centralizado e se firmou atuando pelo lado ou atrás do centroavante.

O Internacional terá a semana inteira de trabalhos até o próximo compromisso. Será diante do Cruzeiro, domingo, em Belo Horizonte. Rodrigo Moledo, suspenso, está fora.

Futebol