PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Exame aponta estiramento e Everton inicia tratamento no São Paulo

Camisa 22 sofreu lesão muscular durante a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará - Marcello Zambrana/AGIF
Camisa 22 sofreu lesão muscular durante a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/08/2018 15h24

O São Paulo divulgou, na tarde desta segunda-feira, o resultado dos exames na coxa esquerda de Everton. O meia-atacante sofreu um estiramento no local, durante o jogo contra o Ceará no último domingo, e já iniciou a recuperação no Reffis, o centro de reabilitação do CT da Barra Funda. O prazo para retorno aos gramados não foi comunicado, mas lesões do tipo costumam exigir pelo menos 15 dias

Everton já estaria suspenso da próxima partida do Tricolor na temporada, marcada para o próximo domingo, contra o Fluminense, no Morumbi. Mas como o time só está disputando o Campeonato Brasileiro e as próximas rodadas terão uma semana de intervalo, ele não perderá tantas partidas como poderia em caso de um período de maratona. Ainda assim, se ficar duas semanas fora, já será baixa também contra Atlético-MG e Bahia.

Contratado em abril por R$ 15 milhões, o meia-atacante já atuou 21 vezes com a camisa são-paulina, marcando cinco gols, dando seis assistências e sofrendo dois pênaltis. O xará Everton Felipe deve ser a primeira alternativa do técnico Diego Aguirre para substituí-lo.

Usar os laterais Régis, Bruno Peres ou Reinaldo na função de ponta também é uma possibilidade e ocorreu justamente após Everton sofrer a lesão contra o Ceará. Régis entrou, Bruno Peres foi adiantado e Joao Rojas, que normalmente atua pela direita, foi deslocado para a ponta oposta. O gol da vitória saiu justamente dos pés de Peres.

Futebol