Topo

Futebol


Vasco anuncia A. Valentim como novo técnico. Contrato vai até o fim de 2019

Alberto Valentim será o treinador do Vasco para a sequência da temporada - Thiago Ribeiro/AGIF
Alberto Valentim será o treinador do Vasco para a sequência da temporada Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/08/2018 19h48

Alberto Valentim será o novo treinador do Vasco. Após impasses referentes à sua saída do Egito, o profissional chegou a um acerto para comandar o clube de São Januário.

Em entrevista coletiva após a vitória sobre a Chapecoense por 3 a 1, neste domingo (26), o presidente Alexandre Campello confirmou a contratação do novo comandante do time de São Januário e disse que Valentim será apresentado nesta segunda-feira (27).

"O contrato vai até o final de 2019 e ele vai, sim, trazer outros profissionais com ele", explicou o mandatário vascaíno, dando detalhes do processo de contratação.

"Existia uma dúvida entre um treinador mais rodado ou um mais jovem. Pesamos o que existia no mercado. Acabamos optando por um perfil mais jovem, moderno. Vai de acordo ao que pensamos para o Vasco, desde a base. Os mais experientes não encaixavam com o Vasco. Buscamos informações sobre o treinador com conhecidos, atletas. Tinha trabalhado no Palmeiras e Botafogo, e as informações foram as melhores possíveis”, completou Campello.

Por fim, o dirigente afirmou que a postura de Valentim no Egito, ao não aceitar interferências externas sobre seu trabalho, pesou de maneira positiva na avaliação. "O profissional não deve aceitar interferência no trabalho. Naquela região isso é comum. Acho que isso contou pontos para ele. Eu faria o mesmo".

Com campanha ruim no Campeonato Brasileiro e eliminado da Copa Sul-Americana, o time de São Januário demitiu Jorginho no último dia 13 e, desde então, vivia um impasse sobre o futuro treinador da equipe.

O técnico interino, Valdir Bigode, comandou o Vasco nos empates contra Ceará e Atlético-MG, além da “despedida” neste domingo, na vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense. ele foi muito elogiado pelo presidente após os cinco pontos nos três jogos disputados.

"Sobre o Valdir, temos obrigação de preservar o ídolo. Não mede esforços, está sempre pronto a colaborar. Tem prestígio com a torcida e diretoria. Com todos. Uma coisa é assumir em um momento fantástico, com um padrão tático. Outra coisa é assumir na dificuldade. E ele foi muito bem. Agradecemos muito a ele", disse Campello.

“Valdir é monstro. Pegou a bomba pela quarta vez e desarmou. Não sabe muito de matemática e números, mas sabe muito de coração e motivação. O que a gente tem a dizer é ‘muito obrigado", completou o atacante Wagner.

Mais Futebol