PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Por vítimas de ponte, torcida do Genoa faz 43 minutos de silêncio

Simone Arveda/ANSA via AP
Imagem: Simone Arveda/ANSA via AP

Do UOL, em São Paulo

26/08/2018 19h11

Na estreia do Genoa no Campeonato Italiano 2018/19, neste domingo (26), no estádio Luigi  Ferraris, os torcedores respeitaram 43 minutos de silêncio em homenagem às 43 vítimas da queda da Ponte Morandi. Ao final deste período, o telão do estádio mostrou o nome dos mortos sob muitos aplausos. Contra o Empoli, a equipe da casa venceu por 2 a 1, em partida válida pela segunda rodada do torneio.

Antes do pontapé inicial, o capitão Domenico Criscito entrou em campo com Cesare Creulli, de 11 anos, filho de uma das vítimas, Andrea Cerullo.

Ele e os outros jogadores também vestiram uma camiseta com a frase "Genova nel cuore" ("Gênova no coração", em italiano) e uma estampa com um coração entre a parte caída da ponte.

"Em silêncio por vocês, feridos 43 vezes no coração. Fiquem de pé com orgulho e se tornem esplêndidos de novo", dizia uma faixa estendida entre dois setores de arquibancadas.

Criscito entra em campo com filho de vítima de tragédia em Gênova - Simone Arveda/ANSA via AP - Simone Arveda/ANSA via AP
Imagem: Simone Arveda/ANSA via AP

"O primeiro pensamento sempre vai para a tragédia", afirmou o técnico Davide Ballardini. "Então você treina, mas todos os dias você pega uma estrada ou alguma outra coisa que te lembra aquilo. Nossas pernas e cabeça estavam pesadas."

Os gols do Genoa foram anotados por Piatek, aos seis minutos, e Kouame, aos 18, ambos com assistências de Criscito. O Empoli descontou com Mraz, nos acréscimos da segunda etapa. 

A partida do Genoa pela primeira rodada, contra o Milan, no último final de semana, foi adiada porque a cidade ainda estava de luto. O mesmo aconteceu com a Sampdoria, outro clube da cidade, que estrearia diante da Fiorentina. 

Devido a uma tempestade, a parte central da Ponte Morandi caiu, no último dia 14 de agosto, sobre um córrego, casas e fábricas. Até o momento, as autoridades ainda não esclareceram a causa do acidente. 

Futebol