PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sites de apostas dominam o Espanhol. Só um clube recusou dinheiro

Javier Tebas (e), presidente da La Liga, anuncia acordo com um site de apostas - Divulgação
Javier Tebas (e), presidente da La Liga, anuncia acordo com um site de apostas Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/08/2018 04h00

De um lado, um novo grupo de inteligência da liga espanhola é responsável por analisar e tentar impedir esquemas de apostas com resultados armados. De outro, a própria entidade que organiza as duas principais divisões de futebol do país é patrocinada por um site de apostas. Para completar, na atual temporada, nada menos que 19 dos 20 times da elite espanhola são apoiados por sites do ramo.

Com as apostas em geral movimentando cada vez mais dinheiro na Espanha, as esportivas são destaque nesse mercado. E as empresas investem pesado em propaganda. Em 2017, por exemplo, casas e sites de apostas destinaram 222 milhões de euros (cerca de R$ 1 bilhão) a ações de marketing e patrocínio.

Boa parte dessa fatia vai para os clubes de futebol. Das 20 equipes da primeira divisão espanhola, 19 têm algum tipo de acordo financeiro com um total de seis sites de apostas, segundo levantamento do El Confidencial.

O único clube que no momento está sem contrato com o segmento é a Real Sociedad. E não é por falta de proposta, mas por receio sobre a relação entre apostas e venda de resultados em jogos de futebol. Mesmo assim, a Real Sociedad tinha o patrocínio de um site nas últimas duas temporadas.

A segunda divisão também está no plano de ação dos sites de apostas. Cinco deles são responsáveis por parcerias com seis clubes da divisão de acesso.

De acordo com o órgão que regula esse mercado na Espanha, as apostas movimentaram 5,5 bilhões de euros (cerca de R$ 26 bilhões) no ano passado. No mesmo período, uma mudança chamou a atenção: se antes 98% das apostas esportivas eram aquelas feitas antes de as partidas começarem, em 2017 mais de 60% já correspondiam a apostas feitas durante os jogos, instigando os usuários a preverem acontecimentos ao longo dos confrontos.

Diante de todo esse cenário, a liga espanhola mantém há alguns meses uma equipe formada por especialistas em apostas, engenheiros, analistas de inteligência e ex-policiais. Eles pesquisam notícias e bancos de dados, investigam redes sociais e fóruns de apostadores e contam com um software que identifica anomalias em cotações de apostas esportivas.

Todo esse esforço é para evitar que resultados ou simples acontecimentos durante jogos sejam manipulados em esquemas de apostas. Ao mesmo tempo, sites e casas especializadas já se tornaram parceiras e investem milhões de euros nas maiores equipes de futebol do país.

Futebol