PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Augusto brilha com três gols e Beijing mantém a liderança do Chinês

Apresentação na seleção está marcada para o dia 3 de setembro - Divulgação
Apresentação na seleção está marcada para o dia 3 de setembro Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/08/2018 11h29

Entre os remanescentes da Copa do Mundo na lista de Tite para os amistosos em setembro, Renato Augusto teve uma exibição de gala na China neste sábado (25). Com três gols, o brasileiro acabou sendo a principal atração da vitória do Beijing Guoan sobre o Tiajin Teda, fora de casa, por 5 a 2, pela 20ª rodada do Campeonato Chinês.

Jonathan Viera e Zhang Xizhe ampliaram a vantagem dos visitantes, enquanto Acheampong e Bastians descontaram.

O adversário estava na frente quando o meio-campista apareceu entre os zagueiros e bateu colocado da entrada da área para empatar. Em seguida, o brasileiro contou com a ajuda do VAR, que confirmou a infração, para virar o jogo de pênalti. No terceiro, o capitão do Beijing se livrou de dois marcadores em um espaço apertado e descolou o goleiro para fazer um belo gol.

Com a vitória, a equipe do ex-jogador de Flamengo e Corinthians chegou aos 42 pontos, em primeiro lugar. O Shanghai SIPG, dos brasileiros Hulk, Elkeson  e Oscar, também venceu neste sábado e tem a mesma pontuação, porém com um jogo a menos e saldo de gols inferior.

“Fizemos mais uma grande partida, mas, apesar do placar, não foi uma vitória fácil. Enfrentamos um time que está bem no campeonato e que saiu na frente, mas soubemos manter o equilíbrio e empatamos logo em seguida, o que nos deu tranquilidade. Acho que essa briga pelo título se dará até o fim e não podemos bobear. O que importa é que o time tem se comportado muito bem e feito boas apresentações”, afirmou o meia, que chegou aos nove gols no Campeonato Chinês.

O próximo jogo do Beijing Guoan será na quinta-feira (30), contra o Chongqing. Depois disso, Renato Augusto, entre os 13 atletas que disputaram o Mundial da Rússia e foram lembrados por Tite para os amistosos contra os Estados Unidos e El Salvador, dias 7 e 11 de setembro, poderá se apresentar à seleção brasileira.

Futebol