PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lanterna em finalizações, Corinthians agora pensa em escalar centroavante

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

24/08/2018 04h00

Se é oitavo em pontuação no Campeonato Brasileiro, o Corinthians vive situação muito pior quando a classificação é por número de finalizações. Com média de 9,5 conclusões por jogo, a equipe que foi dirigida por Fábio Carille e há 14 rodadas tem Osmar Loss como treinador sofre para pressionar as defesas adversárias. Uma solução estudada para mudar essa realidade é a entrada do centroavante Jonathas.

Na atividade desta sexta-feira, o treinador Osmar Loss deve indicar qual a equipe que enfrentará o Paraná Clube, no sábado, em Itaquera. Sem Ángel Romero, suspenso, e próximo de um jogo decisivo pela Copa Libertadores na quarta, o grandalhão de 1,92 m é uma das principais alternativas para tentar melhorar o número de conclusões do Corinthians. É favorito a uma nova chance.

Há um mês, quando Jonathas se lesionou e Loss optou por um Corinthians sem centroavante contra o Cruzeiro, o desempenho ofensivo com Pedrinho, Romero, Jadson e Clayson deixou o treinador animado. Assim, sem uma referência ofensiva definida, o time venceu os cruzeirenses, o Vasco por 4 a 1 e ainda a Chapecoense, na Copa do Brasil, com um grande primeiro tempo. Desde então, porém, a produção despencou.

Em seis partidas a partir disso, o Corinthians só anotou dois gols, sendo um de falta, com Jadson. A dificuldade para criar, finalizar e marcar gols se tornou objeto de discussões e, já depois de perder para o Grêmio no sábado passado, Loss sofreu cobranças pela escalação de um camisa 9, o que ainda não adotou. Na hierarquia do elenco, Jonathas parece à frente de Roger - ele foi acionado no segundo tempo das últimas três partidas.

Durante a pausa da Copa do Mundo, Jonathas foi contratado com a missão de encerrar seis meses em que o clube sofreu pela falta de um substituto para Jô. Emprestado pelo Hannover, o goleador de 29 anos pediu um investimento alto do clube para assumir seus salários de nível europeu. Ele está atualmente entre os três jogadores mais bem pagos do elenco, e busca minutos para comprovar que o esforço valeu a pena.

Na única partida até aqui em que atuou por 90 minutos, Jonathas conseguiu mostrar a marca de artilheiro. Na derrota para o São Paulo, já quando a equipe corintiana perdia por 3 a 0, ele fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. Recentemente, chegou a dizer que se sente "um perna de pau" pela falta de bolas na rede.

Futebol