PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Di Maria avisa que pode jogar com Neymar e lembra quarteto do Real Madrid

REUTERS/Bobby Yip
Imagem: REUTERS/Bobby Yip

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

24/08/2018 11h22

O substituto de Neymar durante os quase cinco meses de ausência no Paris Saint-Germain, Angel Di Maria avisa que pode atuar ao lado do brasileiro graças ao novo treinador Tomas Tuchel. E para reforçar a possibilidade, o argentino fez lembrança do glorioso quarteto do Real Madrid campeão da Liga dos Campeões de 2014.

“Tem que perguntar para o treinador como fazer isso (jogar ao lado de Neymar, Cavani e Mbappé), mas quando eu estive no Real Madrid joguei com Cristiano (Ronaldo), Benzema e Bale como atacantes e eu no meio-campo com  Modric e Xabi Alonso. Acho que encaixou e acho que esse treinador gosta dessa possibilidade. Estou disponível para jogar na posição que seja. E tratar de sempre se fazer o melhor”, destacou Di Maria em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira no PSG.

O quarteto ofensivo jamais foi utilizado por Unai Emery na temporada passada. Desta vez, com Tuchel, a formação será, ao menos, testada. Isso ainda não aconteceu, pois Cavani esteve vetado do início da temporada por conta de uma lesão muscular.

“Cada treinador gosta de jogador e estilo diferente. Trata-se sempre de dar o melhor e poder jogar. Ano passado se fez complicado estavam Neymar, Kylian (Mbappé) e Ed (Cavani) e cada vez que eu jogava tentava fazer o melhor.
Cada treinador elege os seus e tomara que esse ano eu possa ter mais minutos, possa jogar no meio campo”, destacou o argentino.

Minutos antes, Tuchel também falou aos jornalistas e fez questão de destacar Di Maria em pergunta que era sobre a importância do trio Neymar, Cavani e Mbappé.

“Não se esqueça do Di Maria, que ele também ganhou tudo no futebol”, lembrou Tuchel.

“Ele está na mesma posição para mim, e na posição de atacante. São quatro grandes jogadores, não só três. Eu estou conhecendo os meus jogadores, taticamente e tecnicamente, mas também como caráter. Posso dizer que estão em um nível top, todos os quatro são muito profissionais e não tem nenhum problema entre eles. Espero que continuem assim. Os quatro são jogadores chaves, cada um com características diferentes, e isso é muito importante para a equipe”, complementou.

Futebol