PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atacante que botou Pedro no banco renasce na Eslováquia e sonha com Flu

Atacante Matheus Pato em ação pelo Samorin - Tibor Ory/Divulgação
Atacante Matheus Pato em ação pelo Samorin Imagem: Tibor Ory/Divulgação

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/08/2018 04h00

Tido com uma das boas promessas das divisões de base do Fluminense, o atacante Matheus Pato viu sua carreira virar de pernas para o ar em outubro de 2015, quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho em jogo contra o Paraná

A recuperação durou quase um ano e o artilheiro tricolor teve de recomeçar. Nos tempos de vacas gordas, Pato era tão absoluto que colocou Pedro no banco de reservas. O jogador retomou a forma, foi emprestado para o Tupi (MG) e hoje tenta renascer no Samorin, filial do Flu na Eslováquia.

Com cinco gols em seis jogos na Liga II eslovaca, Pato celebra a volta por cima, mas espera que seu período no país europeu seja breve.

"Tenho muito orgulho de poder defender as cores do Fluminense aqui na Europa, mas meu grande sonho é voltar ao Brasil e jogar com a camisa tricolor no Maracanã. Tenho certeza de que um dia ainda vou voltar e proporcionar alegrias aos nossos torcedores, igual consegui fazer na conquista do Brasileiro Sub-20 de 2015, quando fui o artilheiro da competição", disse ele ao UOL Esporte.

Pedro - REUTERS/Javier Calvelo - REUTERS/Javier Calvelo
Pedro é artilheiro do Flu no ano
Imagem: REUTERS/Javier Calvelo

Apesar de ser dono da posição que tinha o artilheiro do Brasileirão como reserva, Pato formou dupla de ataque com Pedro durante um breve período. Beneficiado pela lesão de Paulinho, o atual camisa 9 do Flu ganhou um lugar no time e decolou de vez.

Entre 12 de agosto e 30 de setembro de 2015, os dois ajudaram o Tricolor a formar uma dupla temida pelos adversários da base. Quando Matheus saiu, Pedro logo assumiu o protagonismo e terminou como o segundo goleador da Copa do Brasil, com cinco gols.

"Estou bem melhor, com mais confiança, recuperando o meu ritmo de jogo natural. Estou tendo uma sequência de jogos, algo que não conseguia por conta das lesões", festejou Pato.

Com a possível saída de Pedro para o futebol europeu, Pato vive a expectativa por uma oportunidade de retornar. Para o ataque, o técnico Marcelo Oliveira conta com Kayke, João Carlos, Calazans, Marcos Jr., Luciano, Matheus Alessandro, Junior Dutra, Everaldo, Pablo Dyego e Cabezas.

Aliviado após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, o Flu ganhou ânimo novo para a sequência do Brasileiro. No sábado, os tricolores encaram o Cruzeiro, às 21h, no Mineirão.

Futebol