PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ralf endossa Andrés e retira pressão de Loss por má fase no Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Do UOL, em São Paulo

23/08/2018 13h14

Ralf foi escalado pelo Corinthians para entrevista nesta quinta-feira (23) e repetiu um discurso comum do clube para diminuir a pressão sobre o treinador Osmar Loss. Após derrota para o Fluminense, o volante falou em responsabilidades divididas pela sequência de quatro jogos sem ganhar no Brasileiro, além de risco de eliminação na Copa Libertadores. Exatamente como havia dito o presidente Andrés Sanchez, no dia anterior, no Maracanã.

"Temos nossa parcela de culpa, não é só o treinador. Eles tem que escalar os 11. É difícil quando perde, todos precisamos assumir, dá a cara a bater. Quando perde, a cobrança é maior. Temos que nos unir, nos fecharmos cada vez mais. Já revertemos situações adversas, os anos passaram e conquistamos tudo", declarou Ralf, em desembarque no aeroporto de Guarulhos.

"Temos que estar mais juntos e cada vez mais focados. Passo a passo, primeiro é descansar e pensar no Paraná pelo Brasileiro, depois pensar em quarta [Libertadores, contra o Colo-Colo]. Um bom jogo no sábado nos ajudará a dar resposta na quarta", acrescentou.

"Nossa preocupação não é rebaixamento, mas melhorar performance e conseguir vitórias. Agora que virou o turno, esperamos melhorar cada vez mais e sair da situação o mais rápido possível. Quando a vitória não vem, é fácil achar culpado. Não é o treinador. Somos todos nós. Temos que nos unir e nos fechar com o treinador", pediu Ralf, em sua sétima temporada pelo Corinthians.

Futebol