PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Desfalques podem fazer Aguirre promover novidades no São Paulo

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

23/08/2018 04h00

O São Paulo pode ter novidades na partida contra o Ceará, neste domingo (26), no Morumbi. No empate por 1 a 1 com o Paraná, na quarta-feira (22), Liziero recebeu o terceiro cartão amarelo no Campeonato Brasileiro, e vai ter de cumprir suspensão automática no fim de semana. Já Hudson sofreu uma lesão (hiperextensão no joelho direito) ainda no primeiro tempo, precisou ser substituído e virou dúvida. Nesta quinta-feira (23), o jogador será submetido aos exames médicos para ver se terá condições de atuar. Desta maneira, Shaylon, Araruna e Luan podem ganhar uma oportunidade.

A escolha pode surpreender muita gente. Meia de origem, Shaylon passou a treinar mais recuado após a pausa do nacional para a Copa do Mundo e a transferência de Petros para a Arábia. Como Jucilei ficou fora da lista de relacionados contra Corinthians, Grêmio, Cruzeiro e Colón, Liziero atuou como titular e Shaylon virou uma opção.

Por outro lado, Araruna foi promovido ao profissional por Rogério Ceni, em 2017, como volante. No entanto, ainda não teve a chance de começar um jogo como titular no meio de campo com Diego Aguirre. Em suas oito partidas sob o comando do uruguaio, ele atuou quase sempre como lateral direito ou ponta. Ou seja, esse pode ser o primeiro jogo dele como titular no meio de campo desde a chegada do treinador, em março.

Quem também surge como opção é Luan. O jovem, de 19 anos, passou a integrar a equipe depois da Copa do Mundo e agradou a comissão técnica e os dirigentes. Ele entrou no clássico contra o Corinthians e deu conta do recado na vitória sobre o Cruzeiro. Porém, Luan é mais conhecido por ser marcador e jogar como primeiro volante.

Por fim, Aguirre pode colocar Bruno Peres, que já atuou como volante na Itália e pelo São Paulo, no duelo com o Colón, pela Sul-Americana. Neste caso, o uruguaio teria de improvisar alguém na lateral direita (Araruna, neste caso, seria o favorito).

"Sinceramente, só vou pensar agora [quem vai jogar]. É preciso ver como cada um acabou o jogo de hoje [quarta-feira]. O Liziero recebeu o terceiro cartão, talvez Hudson não jogue. Temos esses dias para pensar e tomar as melhores decisões", disse Aguirre.

Futebol