PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atuação de Romero aumenta sombra em Henrique, mas Mano descarta mudanças

Do UOL, em Belo Horizonte

23/08/2018 04h00

Titular no empate por 1 a 1 contra o Grêmio, Lucas Romero deixou o campo como um dos melhores jogadores do Cruzeiro na partida. A atuação do volante foi tão agradável que seu nome voltou a ser lembrado para começar os próximos jogos entre os onze iniciais. Mas, para isso, ele terá de desbancar ninguém menos que Henrique, o capitão e um dos líderes do elenco. Questionado sobre essa possibilidade, Mano Menezes não deu brecha para mudanças.

"Eu gosto tanto do Romero quanto vocês. Mas eu tenho que pensar na equipe como um todo. Não vou desmanchar o time de uma hora para outra só porque eu gosto dele. E o resultado dos outros jogadores em momentos decisivos me dão essa segurança. Vamos com jeito para escolher o melhor. O treinador tem uma boa dose de visão, ele irá escolher os nomes certos nos momentos decisivos", comentou o treinador do Cruzeiro.

Contratado em 2016, Romero nunca virou incontestável no time titular, mas sempre foi considerado no mínimo um 12º jogador. Por várias vezes, atuou na lateral direita para quebrar o galho e ganhou vários elogios, mas reforçou seu desejo de atuar no meio-campo. Atualmente, além de Henrique e Lucas Silva, que formam a dupla de volantes, o argentino ainda encontra forte concorrência com o compatriota Ariel Cabral, que já foi quase intocável em outros momentos.

Nesta temporada, dos 47 compromissos já jogados pelo cruzeiro, Romero entrou em campo por 31 vezes. Das 27 ocasiões que entrou na condição de titular, apenas sete delas aconteceram em sua posição predileta.

Futebol