PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Antes vaiado, Gum dá volta por cima e se aproxima de recorde no Flu

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/08/2018 04h00

Jogador do atual elenco que mais vezes vestiu a camisa do Fluminense (396 jogos), o zagueiro Gum festejou o gol que deu a vitória ao seu time contra o Corinthians e ficou a um passo de alcançar uma marca importante.

Com a bola na rede ante os paulistas, o defensor chegou a 28 gols com a camisa tricolor. Se marcar mais um, se igualará a Silveira e ficará atrás apenas de Pinheiro (49) e Edinho (34) como zagueiro com mais gols pelo Flu.

Mas a trajetória do jogador nas Laranjeiras foi marcada não só por momentos de alta. Se foi protagonista nos títulos dos Brasileiros de 2010 e 2012, Gum também teve de conviver com as vaias da arquibancada e o descrédito.

Em 2017, o zagueiro, conhecido pelos torcedores pelo apelido de "Guerreiro", por pouco não tomou outros caminhos. No banco de reservas e com salário considerado alto, quase foi incluído na barca que saiu do clube com oito jogadores ao final do ano. Não deixou as Laranjeiras e retomou a posição de forma incontestável em 2018.

Pesou a favor de Gum o espírito de liderança e sua influência perante os jogadores mais jovens do elenco. Identificado com o Flu, acenou até com a possibilidade de reduzir seus vencimentos para seguir.

Feliz com mais uma noite de triunfo, ele deu a receita para o Fluminense seguir sonhando com voos maiores na temporada.

"Nós queremos começar bem o segundo turno, pontuar até o final e brigar por algo maior. Por enquanto, não estamos satisfeitos", disse ao "Premiere".

Após o compromisso diante da equipe paulista, o Flu tem um novo desafio pelo Brasileiro. No sábado, o time visita o Cruzeiro, às 21h, no Mineirão.

Futebol