PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Oposição palmeirense se abstém em votação e alega incompetência do conselho

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

22/08/2018 04h00

Chamou atenção na votação do conselho deliberativo do Palmeiras que aprovou a validade dos aditivos dos contratos com a Crefisa, na última segunda-feira (20), o fato de nenhum conselheiro ter votado "não": foram 141 votos a favor, 67 abstenções e 17 pessoas que foram embora no meio da reunião. O comportamento tem explicação.

Segundo membros da oposição, não fazia sentido votar "não" porque o entendimento é que não é competência do conselho deliberar sobre esse tema de acordo com o estatuto do clube. Por entenderem que a matéria nem sequer deveria ser apreciada ali, optaram pela abstenção.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol