PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lewandowski conta que pensou em deixar Bayern por falta de proteção

Lewandowski ficou insatisfeito com a diretoria do Bayern de Munique - AFP PHOTO / Christof STACHE
Lewandowski ficou insatisfeito com a diretoria do Bayern de Munique Imagem: AFP PHOTO / Christof STACHE

Do UOL, em São Paulo

22/08/2018 09h15

Nos últimos meses, a imprensa esportiva especulou a saída de Robert Lewandowski do Bayern de Munique. Em entrevista ao jornal alemão “Sport Bild”, o atacante confirmou o desejo de deixar o clube bávaro, porque se sentiu desvalorizado e desprotegido nos momentos difíceis.

“Em abril e maio quase todo mundo ‘atirou’ em mim e eu não senti nenhuma proteção do clube. Eu me senti sozinho nessa situação. Não marquei dois ou três gols em jogos importantes e de repente todos estavam conversando e atirando contra Lewandowski. Eu não vi ninguém para me defender naquele momento”, contou o polonês.

Com isso, Lewandowski pediu ao seu agente Pini Zahavi para encontrar outro clube para ele. O Real Madrid foi um dos interessados, ainda mais após a saída de Cristiano Ronaldo, mas o Bayern se opôs ao acordo.

“Combinei isso com o Pini, porque na época não estava me sentindo bem em Munique. Naquela época, não se encaixava. Senti como se só tivesse no Bayern por uma temporada e não tinha créditos por antes. É por isso que pensei em sair”, acrescentou o atleta.

Lewandowski tem contrato com o Bayern até junho de 2021, mas andou pensando em sair da equipe de Munique. Ele chegou até a trocar de empresário para tentar viabilizar uma transferência.

Futebol