PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Esquema sem centroavante fica em xeque no Corinthians após derrota na Arena

Osmar Loss disse que os adversários do Corinthians se adaptaram ao esquema 4-2-4 - Ale Cabral/AGIF
Osmar Loss disse que os adversários do Corinthians se adaptaram ao esquema 4-2-4 Imagem: Ale Cabral/AGIF

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

20/08/2018 04h00

Adotado no começo da temporada e solução para a ausência de Jô, o esquema 4-2-4 ficou em xeque no Corinthians depois da derrota para o Grêmio em Itaquera no último sábado. Apático e sem conseguir chegar à área do adversário, o time do técnico Osmar Loss viu o adversário controlar o jogo no meio-campo e vencer sem sustos.

Depois do segundo revés seguido no Campeonato Brasileiro, o próprio treinador admitiu que o time sem centroavante está ameaçado diante da postura dos times rivais em campo, que, segundo ele, estão compreendendo a forma do Corinthians atuar.

"A gente teve bons momentos com essa mobilidade ofensiva, mas os adversários começaram a se adaptar. A gente não vem tendo melhor êxito nisso, falta um pouquinho profundidade. Pode ser que a gente opte por colocar um 9", disse Loss pouco depois da derrota corintiana em Itaquera.

Jonathas - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Jonathas pode voltar à titularidade nas próximas partidas do Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

No segundo tempo do duelo com os gremistas, já em desvantagem no placar, o técnico do Corinthians decidiu mudar o esquema ao tirar o meio-campista Jadson para a entrada do centroavante Jonathas. A equipe, porém, não reagiu.

"Colocamos no meio do jogo, mas o jogo já estava meio que desenhado quando optamos por isso e fica complicado gerar situações em cima disso", explicou Loss.

O treinador, que está no comando desde o fim de maio, manteve o esquema sem centroavante idealizado por Fábio Carille - foi dessa forma, por exemplo, que o Corinthians conquistou o título estadual sobre o Palmeiras.

Depois da parada da Copa do Mundo, Loss sinalizou que poderia recorrer aos seus centroavantes do elenco, como Roger e Jonathas, que chegou ao clube no começo de julho. Uma lesão muscular do atleta no primeiro tempo da partida contra o Cruzeiro, porém, fez o técnico escalar um quarteto ofensivo do meio-campo, com Romero mais perto da área.

Na partida contra o Grêmio, o Corinthians entrou em campo com Romero, Jadson, Araos e Pedrinho na linha à frente dos volantes, numa formação inédita. O time alvinegro, assim como nos últimos jogos, teve dificuldades para criar e só acertou três finalizações.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Fluminense no Maracanã. No sábado seguinte, o time recebe o Paraná em Itaquera. Depois, as atenções voltam à Libertadores. Novamente em cada, a equipe buscará a virada contra o Colo-Colo depois de perder por 1 a 0 em Santiago.

Futebol