PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Aguirre destaca jogos mais importantes e qualidade de reforços do líder SP

Diego Aguirre faz um balanço positivo do São Paulo neste Brasileiro - Ale Cabral/AGIF
Diego Aguirre faz um balanço positivo do São Paulo neste Brasileiro Imagem: Ale Cabral/AGIF

Do UOL, em São Paulo

20/08/2018 11h31

Um dia após garantir a liderança do primeiro turno do Brasileirão, o técnico Diego Aguirre fez uma análise do desempenho do São Paulo na metade inicial do campeonato. Um dos pontos destacados pelo uruguaio foi a qualidade dos jogadores que chegaram durante a temporada. Nos últimos meses, o clube contratou Everton, Joao Rojas e Bruno Peres - que viraram peças importantes no time.

"As contratações foram muito boas. Prefiro qualidade à quantidade. Não trazemos muitos jogadores, mas são jogadores de alto nível. A contratação de Everton foi espetacular, porque ele joga muito e mudou a cara do time. Depois temos a presença de Rojas, que trabalha muito. E também de Bruno Peres no lugar de Militão. Acho que o São Paulo ficou diferente, com mais opções de contra-ataque. Esses reforços foram importantes", disse Aguirre, em entrevista à ESPN Brasil.

Na retrospectiva do treinador, os desempenhos nas partidas contra o Flamengo e o Corinthians também ganharam destaque. Os jogos foram realizados logo depois da pausa no nacional para a Copa do Mundo e serviram também para mostrar que o São Paulo estava preparado para assumir a liderança da competição.

"Nós fizemos um jogo muito bom contra o Corinthians. No Maracanã, contra o Flamengo, marcou também e o São Paulo já mostrou que quer brigar, ser protagonista... São esses dois jogos que me lembro como os mais importantes e decisivos", afirmou o treinador.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista de Aguirre:

Momento do São Paulo

A verdade é que estou feliz com esse momento. O time tem evoluído muito bem. Faz pouco mais de cinco meses que estamos aqui e a resposta dos jogadores foi espetacular. Começar melhorando a parte defensiva, depois fomos para o ataque e formamos o time. Isso mostra a realidade. O momento é bom, mas temos que continuar assim. É importante estar acima da tabela e continuar a sonhar com a possibilidade de ganhar.

Evolução

Por algumas experiências que já tinha anteriormente sabia... Quando um time grande como SP vem de momentos ruins, sofrendo e aparece uma oportunidade de voltar onde tem que estar, é como uma força que se vai somando, todos começam a acreditar, os jogadores são os primeiros que pegam nessa possibilidade, se impulsionam com coisas boas. O trabalho diário de todos, diretoria, nós da comissão, a fisioterapia, médicos, roupeiros... Todos começam a acreditar que há alguma coisa boa. E o time pega confiança e isso é uma das coisas mais importantes quando um jogador entra em campo. As coisas, quando fazem bem, você tem bons resultados.

Daria para disputar outras competições?

É provável, mas no futebol nós não temos certeza. Claro que se tivéssemos começado no começo do ano, poderíamos ter mais tempo de trabalho, mais informações e o time poderia ter conquistado outras coisas. Mas são posições que não quero pensar, o importante é que depois de nossa chegada, fomos conhecendo os jogadores, a parada para a Copa do Mundo foi importante, um mês de trabalho. Claro que é importante ter tempo com os jogadores, a confiança que vamos pegando. Isso vai se mostrando em campo. Respondendo à pergunta, é provável que se tivéssemos mais tempo, o time poderia estar ainda melhor.

Nota da redação: São Paulo foi eliminado da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil e disputa o só o Brasileiro até o fim da temporada.

Diretoria

A primeira coisa é que para mim é uma experiencia espetacular. Estar trabalhando ao lado de figuras, campeões do mundo, ex-jogadores que eu tenho relacionamento, confiança. Porque a vida é assim, futebol, nós temos companheiros. Diego Lugano foi meu jogador. É uma história incrível. E hoje eu venho como treinador, são eles que me trazem. O respaldo deles é fundamental, eu trabalho com muita tranquilidade. Em todo o momento, eles são pessoas muito influentes, então eles dão suporte para que nós possamos trabalhar com tranquilidade. Sobre Nenê, é assim, o treinador tem que pensar no clube, tentamos transmitir isso ao jogador, a conivência é muito boa. Obviamente que o resultado faz com que tudo seja melhor.

Inter na cola

Eu analiso somente o que o São Paulo tem à frente e temos que focar na competição que temos. Precisamos tentar vencer jogo a jogo, depois vemos o que acontece com os outros times. Cada time tem seus problemas, dificuldades. Nós estamos focados 100% no Brasileiro e vamos tentar estar na mesma posição que estamos hoje, no final.

Futebol