PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diretor corintiano admite insatisfação com desfalque de Fagner em 3 jogos

Duílio falou sobre a situação de Fagner e disse que clube não pode reclamar agora - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Duílio falou sobre a situação de Fagner e disse que clube não pode reclamar agora Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

18/08/2018 22h31

O diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, admitiu que o clube não ficou satisfeito com a situação criada a partir da convocação de Fagner. O lateral direito alvinegro vai desfalcar o time em três partidas, incluindo a ida da semifinal da Copa do Brasil, para defender a seleção brasileira contra Estados Unidos e El Salvador.

"Lógico que a gente não fica satisfeito, acho que não adianta reclamar agora, era um calendário previsto, uma data Fifa. A gente não tem o que fazer em relação a isso, mas numa semifinal de Copa do Brasil era melhor que todos os jogadores estivessem nos clubes. Mas não podemos reclamar", disse Duílio após a derrota para o Grêmio por 1 a 0.

Como mostrou o UOL Esporte neste sábado, o Corinthians considera inviável reperir a operação que garantiu Fagner na semifinal do Campeonato Paulista. Na ocasião, o lateral direita chegou horas antes do jogo contra o São Paulo, depois de ter ficado no banco de reservas no amistoso com a Alemanha disputado na Europa. Dessa vez, o atleta teria um dia para deixar os Estados Unidos rumo ao Brasil.

Fagner perderá três jogos no começo de setembro. Serão duas partidas do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará (dia 5) e o Palmeiras (dia 9), ambas como visitante. O terceiro seria justamente a partida da semifinal da Copa do Brasil, diante do Flamengo.

A apresentação dos convocados por Tite para os amistosos contra Estados Unidos (dia 7) e El Salvador (dia 11) está marcada para o dia 3, dois dias depois de o time corintiano receber o Atlético-MG em Itaquera.

Futebol