PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mourinho diz que Manchester United deve contratar apenas mais um jogador

Lee Smith/Reuters
Imagem: Lee Smith/Reuters

Do UOL, em São Paulo

31/07/2018 13h47

Poucos dias após cobrar a diretoria do Manchester United por contratações, José Mourinho não teve respostas mais atrativas. Perguntado nesta segunda-feira (31) sobre as possibilidades de o clube se reforçar com o meia Ivan Perisic, da Inter de Milão, e Harry Maguire, zagueiro do Leicester, o português deixou claro que os Red Devils devem contratar apenas um jogador até o fim da janela de transferências.

"Estou confiante de que vou conseguir um. Eu acho que dois não eu vou conseguir. Em toda pré-temporada acontece basicamente o mesmo com provavelmente todos os clubes, que o técnico quer mais (reforços), mas as decisões do clube são diferentes. Normalmente você não consegue o que quer, o que basicamente aconteceu ao longo da minha carreira. Se eu assinar um jogador antes de a janela fechar, tudo bem", explicou Mourinho em entrevista à emissora BeIN Sports.

Das três contratações dos Red Devils até aqui nesta janela de transferências, o português deu a entender que somente o brasileiro Fred deverá ter mais chances na equipe titular.

"Nós basicamente temos os mesmos jogadores. Os atletas que compramos um é um goleiro reserva (Lee Grant), um é um garoto de 19 anos (o lateral Diogo Dalot), então, na verdade, temos um novo jogador que é Fred. Então é claro, nossa equipe não vai ser muito diferente", disse.

O português também comentou a ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus. Técnico do atacante entre 2010 e 2013 no Real Madrid, Mourinho se mostrou chocado com a saída do seu compatriota para o futebol italiano.

"Eu fiquei surpreso. Quando você tem jogadores como Cristiano Ronaldo e Messi, você acha que eles vão ficar nos clubes para sempre. E você não acha que o time ficaria feliz em perdê-los ou vendê-los. Mas você não sabe o que acontece por trás de portas fechadas.”

Questionado sobre o desempenho de Paul Pogba ter sido melhor na última Copa do Mundo pela seleção francesa do que no Manchester United, Mourinho afirmou que as condições ao redor do volante eram as ideais.

"A Copa do Mundo tem um mês e, neste um mês, os jogadores estão em um campo fechado, isolados do mundo externo, isolados de compromissos comerciais, isolados de todas as influências possíveis. Eles estão lá, só para isso”.

Ainda sem os reforços desejados, Mourinho comandará o Manchester United nesta terça-feira (31) contra o Real Madrid. Válida pela competição amistosa Champions Cup, a partida deve ter a estreia de Vinicius Junior com a camisa da equipe espanhola.

Futebol