PUBLICIDADE
Topo

Criptomoeda virará pagamento de salário em time de Gibraltar

Gibraltar United/Oficial
Imagem: Gibraltar United/Oficial

Do UOL, em São Paulo

31/07/2018 11h11

O Gibraltar United, time semi-profissional de Gibraltar, pagará seus atletas em criptomoedas (representações digitais de um valor e que não são emitidas por um banco central). A informação é do jornal The Guardian.

Segundo o presidente do clube, Pablo Dana, essa inovação no futebol será feita a partir da próxima temporada.

Todos os contratos serão formalizados com a moeda Quantocoin, uma das várias moedas virtuais utilizadas no mercado financeiro. Dono do time, Dana investe em criptomoedas.

Segundo o dirigente, a introdução da criptomoeda dará maior transparência nos acordos e ajudará a combater a corrupção e lavagem de dinheiro no futebol. Muitos países, como o Brasil, ainda não têm reguladas as criptomoedas.  

A decisão de pagar os atletas em moedas virtuais foi tomada com base no incentivo do governo de Gilbratar neste tipo de investimento.

Em janeiro, o pequeno território introduziu regulamentações para fomentar lançamentos de ICOs (ofertas iniciais) destas moedas.

Gibraltar é base para empresas de pôquer online e outros jogos eletrônicos.

Futebol